fbpx
19.5 C
São Paulo
terça-feira, 18 janeiro 2022
HomeInternacionalZendaya: A atriz sabe como utilizar seu talento

Zendaya: A atriz sabe como utilizar seu talento

Não tem como fugir. Todes sabem que Zendaya é o assunto do momento.

Aos 25 anos de idade, a atriz Zendaya já carrega uma lista de papéis gigante. Além disso, nas últimas semanas, protagonizou o filme “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa”, considerado por muitos um dos melhores filmes do universo Marvel. E não para por aí: seu nome continua em alta por conta da estreia da segunda temporada da série Euphoria, da HBO.

Zendaya interpreta a personagem Rue, que desde a primeira aparição caiu no gosto do público. A atriz, inclusive, fez um apelo em seu Instagram para que crianças não vejam a série, já que aborda temas pesados, como drogas, sexo, depressão e muito mais. Isso é um exemplo de versatilidade. Para quem começou na Disney com um programa totalmente infantil, ela poderia ter ficado presa no estereótipo de mocinha, mas claramente surpreendeu com seu talento.

De acordo com alguns comentários sobre a atuação da jovem na série, é possível que ela consiga ganhar o Emmy pela segunda vez. O prêmio é de grande prestígio para programas e profissionais de televisão e Zendaya já fez história quando ganhou em 2020 com apenas 24 anos, se tornando a atriz mais jovem a conquistar o título de Melhor Atriz em Série Dramática.

Naquele ano, a competição foi acirrada, com grandes nomes como: Jennifer Aniston, Olivia Colman, Sandra Oh e Jodie Comer.

Zendaya se torna a atriz mais jovem a ganhar um Emmy de Melhor Atriz de Drama.

Além desses dois títulos de filmes e séries, Zendaya brilhou em Malcolm & Marie, que é um ensaio sobre o amor e as relações. A obra é bem intimista com cenas entre a atriz e John David Washington, mais uma prova da versatilidade e entrega dos atores, que conseguiram passar para as telas as angústias e conquistas de um comprometimento amoroso.

A MJ de Zendaya

Já notamos que Rue de Euphoria é um sucesso, mas a MJ de Zendaya não fica para trás. Quando foi anunciada para o papel, a atriz sofreu diversos ataques e infelizmente sabemos bem o porquê. Os fãs alegavam que, como ela não era ruiva, não podia ser a Mary Jane do Homem-Aranha, ou nem mesmo uma releitura. Mas a verdade é que ela só não era branca.

Zendaya e Tom Holland nas filmagens de Homem-Aranha
Zendaya e Tom Holland nas filmagens de Homem-Aranha | Foto: Reprodução

As insinuações continuam, desconsiderando o seu desempenho espetacular nos três filmes já lançados. Vale dizer também que pouco tempo atrás, um print de um frame foi totalmente alterado, deixando ela branca, mudando a cor dos olhos e afinando seus traços.

Porém nenhum ataque ou ato de racismo pode apagar o novo legado para as próximas gerações. Pequenas garotas negras vão se ver em um filme de herói e, além do mais, a MJ não é apenas a mocinha apaixonada, é uma adolescente com personalidade, se descobrindo e ajudando os amigos.

Em uma entrevista à Variety, a atriz falou abertamente sobre como é interpretar essa nova versão de Mary Jane, já que a personagem Zendaya se chama Michelle Jones e traz toda uma nova roupagem para o cenário.

“Eu fui sortuda por eles quererem recriar a personagem e a transformar em uma nova versão do que eu acho que a Mary Jane original representava, e poder fazer isso ao nosso modo nesse Universo Cinematográfico da Marvel. Eu meio que já cheguei para isso e já tinham em mente uma personagem esperta, ligeira e afiada que também é um tanto peculiar e excêntrica. Eu me divirto muito fazendo isso. Gosto de fazer comédia e coisas que não são tão pesadas”.

Sem sombras de dúvidas, Zendaya é a MJ que precisávamos e atua muitíssimo bem em todos os seus papéis. E, para quem é fã de verdade do universo de super heróis, vale a pena prestigiar o filme “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa”.

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES