fbpx
19.5 C
São Paulo
quinta-feira, 02 dezembro 2021
HomeCelebridadesPegou as referências de "Trajada"?

Pegou as referências de “Trajada”?

Para além de ouvir a nova faixa de MC Soffia, "Trajada", queremos sabe se você encontrou as referências que a artista usou na letra.

Aos 17 anos de vida e 10 de carreira, MC Soffia traz uma legião de fãs em suas redes sociais. Entre outras coisas, um grande diferencial em seu trabalho são as diferentes gerações com as quais ela consegue dialogar com tanta facilidade (ou pelo menos ela faz parecer fácil). Com o recém lançado clipe, “Trajada”, não foi diferente. Seu objetivo foi fazer uma música leve e animada, na pegada da primavera. Objetivo alcançado!

MC Soffia ganha prêmio internacional no Texas com clipe de ‘Empoderada’

Trajada

MC Soffia deu um teaser da faixa “Trajada” em seu perfil no Instagram há 3 semanas. O post com alguns segundos da nova música recebeu quase 50 mil curtidas e teve mais de 300 mil visualizações. Essa é a potência da agora adolescente que se comunica com as crianças que acompanhavam sua carreira, adolescentes que compartilham de suas experiências e adultes que já estiveram nesse lugar. E a cantora já compartilhou com a gente que percebe o quanto é ouvida (e ouve também) todos os diferentes grupos dos quais faz parte.

Como não podia ser diferente, Soffia compôs a letra da música. Ah, sim, porque ela é cantora, compositora, dançarina, atriz, modelo, entre uma série de outras funções. Inclusive ela participou de todas as etapas de produção da faixa.

Confira “Trajada”, a mais nova produção de MC Soffia.

O beat é do produtor musical Dung Freitas, com grandes referências no samba e  rap americano. O lançamento acontece no início da primavera, uma estação alegre, colorida e de esperança, e a letra da música é isso: leveza, dança, ritmo e muita esperança de que a nova estação traga saúde e perspectiva para a população brasileira.

MC Soffia é indicada a prêmio internacional e sonha com Grammy Latino

Referências

MC Soffia conta que está esperançosa de que as coisas melhorem daqui pra frente, inclusive porque tomou há pouco tempo sua primeira dose da vacina – ela fez questão de mencionar esse fato e nós também, afinal, sabemos que representantes do governo andam fazendo propaganda contra a imunização por aí.

Esperamos o clipe sair pra compartilhar nossas impressões por aqui. A levada da faixa é leve mesmo. Mas também com o posicionamento político costumeiro da artista: corpos diversos no clipe, uma letra pensando no relacionamento afrocentrado… Mas será que você consegue pegar as referências?! Nós temos alguns palpites…

Megan Thee Stallion – acho que essa tá bem explícita, né? Logo no comecinho da faixa, quando ela diz “eu tô tipo a Megan”.

Karol Conká – um pretinho de Lalá é uma referência à mamacita ou não é?

RiRi – “tu já me deve, mona, quase um milhão” era uma referência a “Bitch better have my money” ou tem alguém devendo pra ela mesmo?! Fica aí o questionamento.

Outras referências não musicais são: MC Soffia estrela um clipe com nada menos que um Nike que parece ter sido feito pra ela, né? E, como ela gosta de contar histórias e experiências diversas, apesar de em seu último lançamento ter falado sobre suas amigas pretas que não chegam nos caras porque têm medo de levar um fora, nessa faixa ela já chega contando que as amigas se garantem no chiclete.

Achou outras referências? Fala aí!

Compartilhe

Thais Senahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Sou professora de inglês, formada em Comércio Exterior, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo e parte do grupo de Pesquisa Laroyê - Culturas Infantis e Pedagogias Descolonizadoras. Já atuei como professora voluntária e em projetos populares, fez formação em parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Conselho Britânico e há 6 anos atua também na Ebony English, que ensina inglês com cultura negra.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES