fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 01 dezembro 2021
HomeCinemaSpike Lee sobre Bolsonaro: 'Estamos sendo governados por gângsters'

Spike Lee sobre Bolsonaro: ‘Estamos sendo governados por gângsters’

Spike Lee, presidente do júri do Festival de Cannes, comentou sobre algumas situações durante a abertura do festival. “Os negros continuam sendo caçados como animais”, contou o cineasta.

O cineasta Spike Lee, que é presidente do júri do Festival de Cannes de 2021, contou ontem (6) que Jair Bolsonaro, Donald Trump e Vladimir Putin são ‘gângsters’ e que ‘temos que levantar a voz contra eles’.

Spike Lee diz que Donald Trump não é bem-vindo em Nova Iorque

Ele contou, durante a abertura do festival, que eles ‘não têm moral ou escrúpulos’. Spike Lee é responsável por filmes como Malcolm X, Do The Right Thing e BlacKkKlansman.

‘O mundo está sendo governado por gângsteres. O Agente Laranja [sobre Trump], o cara do Brasil [sobre Bolsonaro] e Putin são gângsters e vão fazer o que quiserem. Não têm moral ou escrúpulos, esse é o mundo em que vivemos, e precisamos levantar a voz contra gângsteres como esses’, contou o cineasta.

Spike Lee é o primeiro cineasta afro-americano a desempenhar a função como presidente do júri. O cineasta já apresentou sete dos seus filmes no Festival de Cannes. O júri do Festival de Cannes é formado por cinco mulheres e quatro homens, dentre eles, o brasileiro Kleber Mendonça. O festival acontece de 6 à 17 de julho.

Recentemente, Spike Lee falou sobre Donald Trump não ser bem-vindo em Nova York. ‘Não, ele não pode voltar aqui. Eu não acho que ele vá voltar. Ele não vai ter uma recepção calorosa, especialmente na república popular do Brooklyn. Sem braços estendidos, sem abraços, sem amor. Sem amor.’, contou Spike Lee.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES