Me Representa

Representatividade: Turma da Mônica agora tem família negra

Parte importante da infância, a “Turma da Mônica” deixou marcadas histórias com personagens como Mônica, Magali, Cascão e Cebolinha, além de outras figuras secundárias que garantiram a diversão da criançada. Dentre elas, no entanto, poucos personagens negros.

Foi pensando no público alvo das revistas e na representatividade, que Milena foi criada em 2017 para integrar a turminha. Antes dela, Pelezinho e Ronaldinho Gaúcho tinham suas revistas próprias, mas Milena aparece agora numa capa com sua família interagindo com os personagens principais da história.

Foto: Divulgação

A primeira família negra da “Turma da Mônica” é composta pela mãe, a veterinária Silvia, pelo pai, o publicitário Renato, e seus filhos Sol, Fabinho e Milena. Os cabelos das personagens, inclusive, são parte da representatividade: tranças e black powers compõem a busca para que crianças se reconheçam e se amem, enquanto leem as revistas.

“Desde 2016, venho participando de eventos que discutem a importância da representatividade. É fundamental que as meninas e os meninos negros possam se reconhecer nas histórias em quadrinhos, desenhos e espetáculos. Nossos personagens podem contribuir com isso. (…) Queremos que ela esteja presente em todas as plataformas possíveis. Estamos muito contentes com a chegada da Milena”, disse Mônica Sousa, filha de Maurício de Sousa e diretora executiva dos negócios da família, em entrevista veiculada pelo portal Terra.

Demorou, mas aconteceu!

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Me Representa

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Viola Davis é a nova embaixadora da L’Oréal Paris

Uma das mais premiadas atrizes do cinema mundial, ...

Facebook

Newsletter