fbpx
19.5 C
São Paulo
terça-feira, 07 dezembro 2021
HomeNotíciaItaú Cultural estreia segunda temporada de podcast dedicado ao cinema documentário brasileiro

Itaú Cultural estreia segunda temporada de podcast dedicado ao cinema documentário brasileiro

Com um episódio a cada sexta-feira, programa Versões do Tempo reabre espaço para diálogo sobre esse gênero cinematográfico em seus vários aspectos.

Desde sexta (6), o Itaú Cultural inaugurou em seu site a segunda temporada do podcast Versões do Tempo, um programa que se debruça sobre algumas das histórias possíveis em torno do documentário brasileiro contemporâneo, assim como suas questões éticas e técnicas – da escolha de temas ao processo de criação.

Itaú Cultural Play é o novo projeto do Itaú Cultural

Com um novo episódio por semana, a programação será apresentada por Ana Paula Sousa, jornalista e coordenadora do fórum de debates da ‘Mostra Internacional de Cinema de São Paulo’ e curadora da Mostra e do ‘É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários’.

O programa de estreia do podcast do Itaú Cultural, ‘Primeira pessoa: como tornar o íntimo universal’, debate sobre o processo de transformar o íntimo de uma pessoa em uma narrativa, bem como suas memórias pessoais e imagens caseiras se tornarem importantes objetos de construção documental. Para falar sobre o assunto, foram convidadas a cineasta baiana, Letícia Simões, e a consultora de roteiro paulistana, Daniela Capelato.

A primeira produziu o documentário Casa (2019), que se passa através do retorno de uma filha ausente – afastada por medo de uma crise de sua mãe bipolar – à cidade onde ela nasceu, sendo esse o gatilho para uma reaproximação familiar. Já Capelato é a co-roteirista de Êxtase (2020), um documentário que mostra a difícil luta de uma jovem contra a anorexia. Penetrando na intimidade de seu sofrimento ao se privar de comida, a narrativa acompanha uma rotina baseada em cálculos e grande repetição de rituais.

Na próxima sexta-feira, dia 13 de março, mesmo horário, fica disponível o segundo episódio do podcast Versões do Tempo com o tema Cinema indígena: novas narrativas, novas representações. Sempre apresentado por Ana Paula Sousa, dessa vez os convidados do programa são Alberto Alvares, cineasta guarani, e Júnia Torres, antropóloga e diretora do Forumdoc.

Na semana seguinte, dia 20, o tema Entrevista: muito além das talking heads dita o terceiro programa do podcast, que recebe o cineasta João Jardim e o jornalista e realizador, Ricardo Calil. Já na última sexta-feira do mês, o quarto episódio, ‘Temporalidade: A manipulação do tempo no documentário’, conta com as participações da cineasta Camila de Moraes e da montadora de filmes, Karen Harley.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES