fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 06 dezembro 2021
HomeNotíciaMaju Coutinho desabafa: "O racismo mata!"

Maju Coutinho desabafa: “O racismo mata!”

Maju Coutinho foi uma das convidadas do Em Pauta, que foi ao ar no último dia 3 e reuniu as jornalistas negras Zileide Silva, Flávia Oliveira, Lilian Ribeiro e Aline Midlej, no Globo News.

Ingrid Guimarães empresta seu Instagram para Spartakus

Maju Coutinho falou um pouco sobre sua experiência com o racismo durante sua participação. Confira os relatos de Maju.

“O racismo é desde o nascimento, desde a infância. Eu tenho a lembrança desde pequena, desde criança, uma coleguinha ter perdido o estojo e ela decidiu que eu peguei. E eu lembro de experiências. Eu já era adulta, estava no litoral, meus pais tem uma casa em Guaraqueçaba. Eu passei na rua sozinha e tinha um grupo de jovens brancos do lado da casa dos meus pais e acho que eles não sabiam que a gente tinha uma casa lá. E começaram brincadeiras, barulhos de macaco. Eu voltei revoltada pra casa dos meus pais, chorei, comentei, fiquei brava… mas eu voltei e estraguei a festa. Disse que não poderia acontecer, que era racista. Eles ficaram assustados. Muitas vezes você precisa ficar de microfone em punho para provar que é repórter mesmo. Outra experiência que eu tive é que eu viajei com meu marido, negro, e ele saiu para passear a noite e eu não pude ir. Ele voltou radiante falando que pela primeira vez ele se sentiu livre por passar perto de senhoras e mulheres brancas e não sentir um olhar de repulsa e de medo. Essa experiência é das mortes, quantos parentes eu perdi mais cedo. O racismo mata, nos fere. Das violências diárias que a gente tem que olhar e enfrentar. E esse enfrentar é um gasto de energia muito para não sucumbir e manter a cabeça erguida.” ela disse.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES