fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 29 novembro 2021
HomeINTERNACIONAISGucci Mane anuncia que vai deixar a Atlantic Records

Gucci Mane anuncia que vai deixar a Atlantic Records

Gucci Mane disse que a gravadora é uma “racista educada” e fez apelo para que outros artistas negros se posicionem contra as gravadoras que não defendem igualdade.

Documentário Marambiré fala sobre manifestação cultural de quilombo

Gucci Mane é famoso por dizer o que pensa nas redes sociais. Desta vez, anunciou em um desabafo no Twitter que já deletou, que a partir de 3 de julho não fará mais parte da Atlantic Records: “Deixando a #AtlanticRecords, esses racistas polidos.”

Em outro tweet já deletado, Gucci Mane pede para que outros artistas negros se juntem a ele contra as gravadoras racistas: “A todos os artistas, vamos entrar em greve, que queimem essas gravadoras racistas também”, seguindo com as hashtags #BlackLivesMatter e #BlackExecMatter [Vidas Negras Importam e Executivos Negros Importam].

Tudo isso aconteceu depois do movimento impulsionado por duas executivas negras chamado #BlackOutTuesday, que tinha como objetivo responsabilizar a indústria musical que lucra com o trabalho de artistas negros. Ironicamente, a Atlantic foi uma das que aderiu ao movimento.

Essa não é a primeira vez que o rapper tem problemas com a gravadora, com quem tem contrato desde 2007. Em 2013, a Atlantic deixou o artista depois de tweets insultando a gravadora e seus representantes. Os tweets foram apagados, ele se desculpou e voltou para a gravadora em 2016.

No momento em que essa matéria foi ao ar, os tweets mencionados já não estavam mais em suas redes e as mensagens mais recentes até então diziam “O silêncio diz tudo” e “Tenho que pensar mais sobre a coisas. Sinto muito.”       

A revista Essence tentou ouvir a versão da gravadora, mas não teve retorno.

Via: Essence

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES