fbpx
19.5 C
São Paulo
domingo, 22 maio 2022
HomeMúsicaCaian lança videoclipe de "Não Me Deixe Mudo"

Caian lança videoclipe de “Não Me Deixe Mudo”

Ricardo Caian

Nascido em Salvador, Bahia, em 1988, Caian atua como músico, compositor, cantor, diretor e produtor musical, autor de jingles e trilhas, professor de música e brincante. Possui graduação em Música Popular pela Escola de Música da Universidade Federal da Bahia (EMUS/UFBA).

​Seu trabalho autoral teve início em 2007. Desde então, já esteve envolvido em trabalhos diversos como o musical “Amor Barato”, que durou cerca de um ano, e também ficou mais de um ano em turnê ao lado de Baco Exu do Blues. Agora é hora de voltar a focar em suas próprias produções.

Janine Mathias lança “Devoção”

Mais recentemente, em dezembro do ano passado, o artista lançou o primeiro clipe de seu álbum, “Paixão e Outras Drogas”, ao lado do cantor pernambucano Otto. Este é o segundo disco de Caian, com produção musical de Arthur Romio. Com 13 faixas – 12 escritas por Caian (duas delas em parcerias) e uma única não autoral, com assinatura de Jarbas Bittencourt –, o álbum de rock é o depoimento quase cronológico de uma história de amor verdadeira.

“Nesta faixa de abertura, me apresento em primeira pessoa dando o tom do que virá ao longo do álbum. O título ‘Não me deixe mudo’ faz referência a uma canção de Walter Franco, ‘Me deixe mudo’: eu queria romper o silêncio, falar o que sou e vivi”, conta Caian. “A música veste uma roupagem mais clássica de rock, com guitarras, baixo e bateria, além de órgão, violão e pandeirola, numa sonoridade que remete ao rock canção de Cazuza”, descreve.

Compartilhe

Thais Senahttps://todosnegrosdomundo.com.br
Sou professora de inglês, formada em Comércio Exterior, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo e parte do grupo de Pesquisa Laroyê - Culturas Infantis e Pedagogias Descolonizadoras. Já atuei como professora voluntária e em projetos populares, fez formação em parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Conselho Britânico e há 6 anos atua também na Ebony English, que ensina inglês com cultura negra.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES