fbpx
19.5 C
São Paulo
quinta-feira, 27 janeiro 2022
HomeNotícia12 dos melhores filmes negros de terror

12 dos melhores filmes negros de terror

Tudo bem você ter gostado muito de Corra! Mas (ou, melhor, que bom que…) ele não está sozinho.

Se, quando você pensa em uma referência de filme negro de terror, a primeira produção que vem à cabeça é o filme Corra!, saiba que você não está sozinho. O filme de Jordan Peele agradou mesmo àqueles que não eram muito chegados no gênero e acabou abrindo portas para quem é fã e nem sabia. Por isso, a Oprah Magazine fez uma seleção com outras opções de terror com protagonismo negro. Confira!

  1. A Noite dos Mortos Vivos (1968)

FN5EFPtoUo2i oi5PQM1ui8a6phSGKH6Ga0OvzPURj1 pqKGEtVEgNEpWLJ17Hnz JRSOzikXcgY2Ethg hFO1EOp2qNo w8qOly DA50THXRBX BjcZqQmHugI838oqehbk6NXB

Dirigido por George Romero, o clássico de terror de 1968 conta a história de um grupo de 7 pessoas presas em um sítio que são atacadas por indivíduos recentemente mortos que misteriosamente voltam à vida.

  1. Blácula, o Vampiro Negro (1972)

bvs wzP75E1 zHEEsQsLepLEb0KvcV7dG4ozeMXuGQuDgf3uyLTEi9mHzn7gPVkd1WDlyKrs5ZdxBAEFjN

Um príncipe africano viaja para a Transilvânia quando é mordido pelo próprio Drácula. Ele é mantido em num cofre por centenas de anos até que acorda em Los Angeles nos anos 70.

  1. Ganja & Hess (1973)

THaLvQmrqTx5xezqsljGFDKvdNxOTW q7Q e172NRV6O9GCBqd V3mmYjXxUQn3KstCes

Duane Jones, que também atua em A Noite dos Mortos Vivos, interpreta Hess Green nesta produção que conta a história de um médico que é esfaqueado por seu assistente de pesquisa com um punhal africano amaldiçoado. Hess se transforma em um vampiro e ainda assim se apaixona pela mulher de seu assistente.

  1. Sugar Hill (1974)

vVJ6QWshqMoKwrJMAnlZsU44nOt2thQ2l3KnDTmjz4pZchiwqBqiAoIy YpPsv7COr48eeWXawO13n5QUEyYYXOVSnGhetlovXRM07VC

Um filme dos anos 70, da era Blackploitation, que conta a história de uma viúva aflita que procura uma sacerdotisa de vodu para vingar o assassinato de seu marido.

  1. O Mistério de Candyman (1992)

9asehxF4NRFkiqViNpPoFn dtVsXq43CY2bsqdBcLridKwLk4bmv8l33cbqpZ nLZQWnWVkFEYS9Ugl90S7f6LKDWHkb kM9rDYk VjUarcAvQLt4dyajd G 6QRbVo8K 9RiL8h

Enquanto pesquisa pela lenda urbana de Candyman, a estudante Helen Lyle acidentalmente convoca o espírito assassino e descobre que ele é bem verdadeiro e que está sendo perseguida por ele. Candyman terá continuação em breve nos cinemas.

  1. Tales From The Hood (1995)

hGi9Ku9l7Y3tV ijelKn7ggEz7LjvCfLm81Ac0JtXYWTWjTDU1t Q2IZKtP5Odri0bP1x3pMRywiK7WbXu2GM lBwtgnacbjgeKavp6LFlE99ecT forR2 R NgcdEF5kUNggmkz

Spike Lee foi o produtor executivo do filme. Precisa de mais? Essa antologia, que teve sua continuação lançada em 2018, começa com três traficantes de drogas comprando produtos de um estranho diretor funerário. Ele então conta quatro histórias assustadoras diferentes, cada uma baseada em temas afro-americanos.

  1. Contos da Cripta (1995)

Depois de fugir por 90 anos, Franky Brayker – o protetor de uma chave antiga que pode desbloquear o mal terrível – decidiu finalmente enfrentar o Colecionador, um demônio que está atrás do tesouro que ele mantém. O longa conta com Jada Pinkett Smith (!!!) que interpreta Jeryline, uma caçadora de demônios. Além disso, o filme desafia os estereótipos que acompanham mulheres e homens negros em filmes de terror.

  1. Eve’s Bayou (1997)

58n1GAZjkYrJ6Z gvEJriih6Yyx6G8M9Twwj VYVfD6unsAg0uvOeQKyev7rRxb04arMolxYEcJANEWonDkznBAt267ghGPKBWjg0TrHz390SRy1jX4fG S GP0qZ v9MqIRcClm

Essa produção tem vários pontos de atenção: foi o primeiro filme dirigido pela cineasta Kasi Lemmons, foi produzido por Samuel L. Jackson e estrelado por Lynn Whitfield (ninguém menos que Lady Mae, de Greenleaf) e Jurnee Smollett (de Lovecraft Country), além do próprio Samuel L. Jackson. O filme conta a história de Eve, que, aos 10 anos, descobre que seu pai está traindo sua mãe e encontra consolo em sua tia que tem poderes psíquicos.

  1. Bones (2001)

ibu8MKfwx1qhKr6z1vpH4AST2uxtsv88tBcejScZ5ogNBNqVviWIEalFRcxRDMkkqvAzA6vOLu2FOxOJ28ge7b3PWVE7BgcaoQAn9LxgZNRtf sx0kisQ07lygg6 glV6s4 yarX

Bem, o filme é estrelado por Snoop Dogg. Mas se este não for motivo suficiente para te fazer procurar pelo filme, saiba que a história é sobre um personagem, uma vez amado e admirado por sua vizinhança, que é traído e assassinado por alguém muito próximo dele. Anos depois, ele retorna dos mortos para buscar vingança contra sua própria comunidade, que agora está devastada pelas drogas.

  1. Corra! (2017)

ecgxFVsuXaVkL3jCGGuSFOuTZeH7CDNl6NUvnJOGRMBvj6sS28zw8dDDFBKX22AgLVZzzoJLR0esofB6CaC

Se você chegou até aqui, provavelmente já assistiu ou, no mínimo, conhece a trama de Corra! Mas caso não conheça, aqui vai: a produção de Jordan Peele, que ganhou o Oscar, conta a história de um homem negro que acompanha sua namorada branca em um final de semana aparentemente despretensioso em que ele será apresentado aos pais dela. Com o passar do tempo, fica nítido que a família inicialmente inofensiva tem intenções sinistras.

  1. Ma (2019)

O filme marca a primeira atuação de Octavia Spencer em filmes de terror e conta a história de uma mulher de meia idade que se torna amiga de um grupo de adolescentes, a quem ela convida para beber e dar festas em seu porão. Com o tempo, percebe-se que sua gentileza não passava de um plano para buscar vingança.

  1. Nós (2019)

FgKeeOBdulbK0qDMGajNCqHBEVcGaiMHnRTBq1CSQ7T0uv52SMOO1KH0R3ph3c Opa2BGGuRrJ9HRDT4SZ8I0HU TwQXIet5DiN5SyhjW2AaPmi7R9qP1s7CKitLB7vJmFAf0Z7W

Este é o segundo filme de Jordan Peele, que tem como estrela Lupita Nyong’o. Na trama, a personagem de Lupita e sua família voltam para sua antiga casa de praia e seu passado começa a assombrar a todos quando quatro pessoas mascaradas aparecem e tornam as férias em uma luta por sobrevivência.

Compartilhe

Thais Senahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Sou professora de inglês, formada em Comércio Exterior, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo e parte do grupo de Pesquisa Laroyê - Culturas Infantis e Pedagogias Descolonizadoras. Já atuei como professora voluntária e em projetos populares, fez formação em parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Conselho Britânico e há 6 anos atua também na Ebony English, que ensina inglês com cultura negra.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES