19.5 C
São Paulo
terça-feira, 31 março 2020
Home Agenda "NEGROR": espetáculo denuncia genocídio da população negra

“NEGROR”: espetáculo denuncia genocídio da população negra

Homenagem à Associação Mães de Maio, um coletivo de mulher cujos filhos foram mortos pela polícia em 2006, NEGROR é um espetáculo que tem como mote central a denúncia do genocídio da população negra, em especial pela Polícia Militar. Tocando na ferida reconhecida inclusive pela ONU como um problema crônico no solo brasileiro, o projeto criado por Sidney Santiago Kuanza – ator, pesquisador, militante e diretor de teatro – passa por lugares como Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, São Miguel Paulista e Capão Redondo, dentre outros.

As apresentações começaram no dia 19 de janeiro e vão até 07 de fevereiro, reivindicando justiça a partir da criação poética que faz uso da criação de um panfleto como linguagem para novos encontros.

“Chegou o momento de irmos para rua, estamos num momento crítico da sociedade brasileira onde temos que proporcionar e friccionar o tempo, proporcionar encontros inesperados. Por esta razão vamos com este projeto para pontos de ônibus, terminais de ônibus e praças públicas. A ideia é atingir o maior número de pessoas e poder comunicar esta problemática, que é brasileira”, explica Sidney.

A Peça-Panfleto-Itinerante, que resgata a tradição do teatro panfletário dos anos 1970 muito utilizado por comunidades negras para denúncia, traz como personagens dois lutadores de boxe, um juiz, uma moça do placar e um fotógrafo. Por meio da formação de quadros vivos, pequenos relatos de casos reais de meninos negros assassinados são transformados em depoimentos na primeira pessoa.

 

Serviço

25 de janeiro, quinta-feira
13h – Itaquaquecetuba (Estação de Trem, Av Presidente Tancredo Neves)
17h – Mogi das Cruzes – Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, 360. Em frente ao Centro Cultural Mogi das Cruzes, Centro da cidade
31 de janeiro, quarta-feira
13h – São Miguel Paulista – Praça Aleixo Mafra (Praça do Forró)
17h – Itaquera – Rua Gregório Ramalho (Frente Biblioteca Sergio Buarque de Hollanda)
1 de fevereiro, quinta-feira
13h – Capão Redondo (Estação Metrô) – próximo avenida
Carlos Caldeira Filho.
17h – Largo 13 – Rua Paulo Eiró (Calçadão)
07 de fevereiro, quarta-feira
13h – Cachoeirinha – Praça Manoel da Costa Negreiros (Largo do Japonês)
17h – Taipas – Estação de Trem Jaraguá (Estrada de Taipas)

Amanda Sthephaniehttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Preta. Pobre. Poeta. Periférica. Prounista. Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e estuda o último ano de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

MAIS LIDAS

“Cardi B fez mais que o presidente”, canta Baco Exu do Blues em novo EP

Rapper produziu o EP em apenas três dias; Trabalho fala sobre vários temas como coronavírus e 'Big Brother Brasil'

Ex-diretor da Band faz comentários racistas sobre Thelma e Maju Coutinho

Em uma live da DJ Jude Paulla, Rodrigo Branco afirmou que todo mundo está votando em Thelma porque ela é uma 'negra...

Morre atleta paraolímpica Eliane Corrêa com suspeita de coronavírus

Após sentir falta de ar, Eliane foi levada a um hospital, mas não resistiu e veio a óbito.

Curada do coronavírus, Preta Gil comemora com a família

"Finalmente poderemos ficar assim, grudadinhos em casa outra vez", escreveu Preta na legenda de uma foto ao lado de seu esposo,...

COMENTÁRIOS RECENTES