fbpx
19.5 C
São Paulo
sexta-feira, 01 julho 2022
HomeNotíciaCatappum exibe último espetáculo online e inicia rodas de conversa sobre comicidades...

Catappum exibe último espetáculo online e inicia rodas de conversa sobre comicidades negras

O Coletivo Catappum, um grupo de comédia circense que pesquisa a  palhaçaria preta, finaliza no dia 9 de junho, às 14h, as exibições do espetáculo online “Catappum!”. O coletivo promoveu uma explosão de negrices nas redes, foram 4 workshops e 10 transmissões da comédia circense de maneira gratuita e online  . Porém, as iniciativas do coletivo vão ter continuidade no final do mês, com a promoção de uma mesa de debate no dia 22 de junho, às 20h, transmitida no YouTube do coletivo Catappum, com o tema ‘Redes sociais, comicidades, racismo e seus desdobramentos’, com a participação de Joel Zito Araújo , cineasta e roteirista, Ana Luiza Bellacosta, atriz, palhaça, diretora e produtora cultural, Erica Ribeiro, atriz, roteirista, figurinista e criadora de conteúdo. E a mediação fica por conta de Mafalda Pequenino, atriz, pernalta, coreógrafa e diretora do Coletivo Catapum. Além disso, o coletivo reúne o elenco da atração para uma série de bate-papos em que vão ser discutidos temas referentes à criação do espetáculo, como Direção, Dramaturgia e Trilha Sonora. Os bate-papos foram divididos em três dias de encontro, sendo eles 24 de junho, 30 de junho e 07 de julho

“Desde abril estamos com temporada do Catappum, um espetáculo de circo e teatro para todas as idades, que traz  o protagonismo preto pra cena à morte de forma lúdica e discussão sobre as relações de poder . Temos transmitido, feito lives deste espetáculo, o que está causando grande satisfação na gente, porque estamos alcançando diversos públicos, principalmente os públicos classe C, D e E, de regiões descentralizadas da cidade de São Paulo , que não tem tanto acesso à cultura. E o retorno está sendo o mais incrível possível, indo desde crianças e adolescentes, alunos de projetos sociais, a pacientes do CAPS”, conta Chico Vinicius, componente do coletivo Catappum.

Tendo o riso como estratégia de resistência, o Coletivo Catappum nasceu do incômodo pela falta de representatividade de palhaços pretos na formação das artes cênicas, onde o conteúdo estudado na sua totalidade, sempre trazia referências eurocêntricas. E durante os bate-papos o processo criativo do coletivo terá espaço de destaque com a reunião do elenco e direção, que vão narrar a trajetória do grupo, que tem uma equipe composta em sua grande por mulheres, pessoas LGBTQIAP+ e tem como objetivo valorizar as culturas negras. 

O projeto “Catappum nas redes” foi contemplado pela 6ª Edição do Programa Municipal de Fomento ao Circo para a cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura. É uma parceria da Cooperativa Paulista de Teatro e tem realização do Coletivo Catappum, Fomento ao Circo e Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

SERVIÇO

“Catappum” – Última exibição do espetáculo online
Data: 09 de junho
Horário: 14h
Transmissão: Facebook e/ou Youtube do Centro Cultural Penha
Para mais informações acesse: https://www.instagram.com/cata.ppum/   

Confira a programação do coletivo Catappum!: 

22 de junho
Tema: Redes sociais, comicidades, racismo e seus desdobramentos
Convidados: Joel Zito Araújo, Ana Luiza Bellacosta e Erica Ribeiro
Mediação: Mafalda Pequenino
Horário: 20h
Transmissão: Youtube do Coletivo Catappum

24 de junho 

Tema: Direção – Corpos diaspóricos em cena
Horário: 15h às 16h
Local da transmissão: Centro de Culturas Negras Jabaquara
Plataforma: Instagram  

30 de junho

Tema: Dramaturgia – Oralidades na Comicidade
Horário: 15h às 16h
Local da transmissão: Centro Cultural Tendal da Lapa
Plataforma: Instagram

07 de julho
Tema: Trilha Sonora – O Corpo Sonoro
Horário: 15h às 16h
Local da transmissão: Casa de Cultura Vila Guilherme – Casarão
Plataforma: Instagram 

SOBRE O CATAPPUM 

A formação do Coletivo Catappum! se deu, em 2015, a partir da obra dramatúrgica escrita por Fagner Saraiva e Chico Vinícius. Este disparador propiciou o encontro dos artistas que, em suas trajetórias, desenvolvem pesquisas artísticas na arte negra: cultura popular, cultura afro-brasileira, culturas de matrizes africanas, circo, dança, música e teatro. Em 2019 “Catappum!”, o espetáculo, foi convidado a fazer sua estreia pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo no projeto “Biblioteca Viva”, projeto que percorreu as periferias da Zona Leste e Oeste com 10 apresentações nas bibliotecas da Cidade. Devido ao grande sucesso, “Catappum!” ingressou em uma segunda temporada, a convite da Prefeitura Municipal de São Paulo ainda em 2019, desta vez com 06 apresentações nas ruas e praças das periferias da cidade no projeto “Ruas da Gente”. No dia 20 de novembro do mesmo ano, o espetáculo participou da programação oficial do “Dia da Consciência Negra”, da cidade de São Paulo, na Casa de Cultura Raul Seixas em Itaquera – Zona Leste de SP. Em Dezembro de 2019, “Catappum!” é convidado a se apresentar no “Projeto Redenção”; projeto que oferta acolhimento e tratamento a dependentes químicos em equipamentos públicos, vinculado à prefeitura de São Paulo. Em 2020 “Catappum!” é convidado a participar do projeto Itinerante “Teatro na Kombi”, com 15 apresentações pelas Bibliotecas Municipais. Ainda em 2020 o coletivo deu uma entrevista para o Alma preta Jornalismo, contando um pouco sobre o processo de pesquisa e criação. Em 2021, apresentamos na Casa de Cultura do Butantã e na Casa de Cultura do Campo Limpo. O grupo ainda participou de diversos festivais como II Festejo Raízes do Riso; II Festival Internacional de circo Saruê; Festival Brincando na praça; Dona Ruth: Festival de teatro negro de São Paulo, 3ª edição; Ocupa Riso, realização dos Palhaços sem Fronteiras e I Expo Internacional do dia da Conciência Negra no pavilhão do Anhembi. Além disso, em 2021, foram contemplados na 6ª edição do Edital Fomento ao Circo, com o projeto “Catappum nas redes” em execução no primeiro semestre de 2022, com transmissão online do espetáculo “Catappum” em aparelhos de cultura, oficinas de comicidades negras, debates e roda de conversa sobre comicidades, racismo e rede sociais. 2022 também foi o ano de estrear no 4º Festival Internacional de Circo da Cidade de São Paulo com apresentação na comunidade Cultural Quilombaque.

Compartilhe

Cristhiane Faria
Cristhiane Faria
Cristhiane Faria aka Nega Cléo é poeta, slammer, modelo, dançarina, arte-educadora e Fundadora da GRIOT Assessoria, agência de Relações Públicas com a missão de perpetuar as histórias de artistas, eventos, projetos culturais e criadores de conteúdo pela mídia e na internet. | Contato: [email protected]
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES