fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 06 dezembro 2021
HomeNotíciaRede de lojas H&M pede desculpas por anúncio racista

Rede de lojas H&M pede desculpas por anúncio racista

Texto por Cristiane Guterres

Marca se pronuncia após publicar imagem de garoto negro com um moletom em que se lia “Macaco mais legal da selva”.

A rede de fast fashion sueca H&M virou notícia nesta segunda-feira, depois de publicar em seu site inglês a imagem de um garoto negro vestido com um moletom escrito “Macaco mais legal da selva”. A reação contra o anúncio da marca começou depois que o colunista Charles M. Blow do The New York Times postou a imagem em seu twitter. Várias celebridades também se manifestaram contra a marca. O cantor The Weeknd anunciou, em sua rede social, o fim da parceria com a marca. “Acordei esta manhã chocado e envergonhado por esta foto. Estou profundamente ofendido e não trabalharei mais com @hm”, escreveu ele.

Captura de Tela 2018-01-09 às 17.08.29

Outros famosos também se pronunciaram contra a H&M. O astro de basquete LeBron James postou no Instagram uma versão editada da imagem onde se vê uma coroa cobrindo a frase do moletom e outra a cabeça do garoto.

A marca removeu as imagens do site, cancelou a venda do moletom e emitiu um pedido de desculpas. “Nós entendemos que muitas pessoas estão chateadas com a imagem. Nós, que trabalhamos na H&M, só podemos concordar. Lamentamos profundamente que a foto tenha sido tirada, e também nos arrependemos da impressão real“. Ainda segundo a marca, a imagem seria um erro e que uma investigação minuciosa irá apontar culpados.

Não é de hoje que as comparações do negro com um macaco são feitas para inferiorizá-lo. As bananas jogadas nos campos de futebol europeu quando jogadores negros tocam a bola são um exemplo dessa opressão. No Brasil, um caso de racismo que podemos relembrar aconteceu contra o goleiro Aranha. Em 2014, quando o jogador defendia o time do Santos, câmeras de televisão flagraram torcedores do Grêmio chamarem Aranha de Macaco. Na ocasião, quatro torcedores foram indiciados pela polícia.

 

Compartilhe

Amanda Sthephaniehttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Preta. Pobre. Poeta. Periférica. Prounista. Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e estuda o último ano de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES