fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeNotíciaZezé Motta conta que 'ouvia dos brancos que era feia'

Zezé Motta conta que ‘ouvia dos brancos que era feia’

A atriz Zezé Motta contou como a sua autoestima e autoconfiança foi trabalhada através da sua beleza, trazendo uma transformação no momento em que parou de acreditar no que as pessoas brancas lhe diziam.

Zezé Motta fala sobre como rompeu estereótipos dos seus personagens

Durante uma entrevista à revista Marie Claire, a atriz contou que pretendia mudar todo o seu corpo começando pelo seu nariz porque as pessoas brancas lhe diziam que ele era ‘feio’.

“Passei muito tempo com vontade de mudar tudo em mim. Queria ter dinheiro para operar o nariz, comprar lentes de contato verdes, cheguei a pesquisar sobre cirurgias para diminuir o bumbum”, contou a atriz.

Zezé Motta começou no teatro e começou a duvidar do que as pessoas brancas te falavam. Ela começou a perceber que era linda ao ver pessoas negras e confiantes em Nova York.

“Comecei a olhar para os negros nas ruas e via que eles eram muito bonitos. E mais: percebi que eles se achavam bonitos, tinham orgulho de seu visual, estavam sempre arrumados, com seus black power enormes. Então comecei a questionar por que me achava tão feia. A resposta: ouvia isso dos brancos e acreditava nele”, contou a atriz.

Ela também contou sobre a sexualização que ela sofria.

“Quando começaram a me chamar para fazer fotos sensuais, achava divertido. Mas depois começou a me incomodar, porque para alguns virei só aquilo. Ouvia de homens: ‘Não acredito que transei com a Xica da Silva'”, completou.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES