fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 17 janeiro 2022
HomeNotíciaTina Knowles-Lawson, mãe de Beyoncé e Solange, fala sobre seu divórcio

Tina Knowles-Lawson, mãe de Beyoncé e Solange, fala sobre seu divórcio

Tina diz que suas três filhas foram sua base para superar esse momento difícil em que sentiu que havia falhado em seu casamento.

Tina Knowles-Lawson, designer, empresária e mãe das cantoras (mas também referidas como rainhas do universo inteiro) Beyoncé e Solange, participou recentemente do programa Girlfriends Check-In, do canal da Oprah.

Nia Long e John Legend trabalhando juntos em Paper Gods

No programa, do qual também fizeram parte a modelo, atriz, cantora e empresária Beverly Johnson e a produtora e atriz de Greenleaf Lynn Whitfield, Tina falou sobre a importância de ter três mulheres em sua vida: suas filhas Beyoncé e Solange e também sua filha autodeclarada, Kelly Rowland.

A empresária fala sobre um momento em que se sentiu particularmente abençoada por ter tido filhas: seu divórcio com o produtor executivo Matthew Knowles, em 2011. Tina compartilha também sobre como os papéis se inverteram e agora elas agem como se fossem suas mães.

Ela diz receber ligações das garotas dizendo: “Mãe, você foi longe demais com seu post no Instagram. Diminua o tom um pouquinho.” E continua dizendo que, ao final de seu casamento de 33 anos, estava desolada, não porque queria continuar no casamento, mas porque pensava “meu Deus, eu falhei nisso”.

Neste momento, Tina se emociona e diz que Beyoncé, Solange e Kelly iam à sua casa para assistir a filmes antigos e tomar sorvete a noite toda, que elas permitiram que Tina sentisse pena de si mesma por um curto período de tempo e depois a lembraram de que havia um plano maior para ela.

Tina diz que, de vez em quando, age como a mãe que checa para saber como suas filhas estão, mas fica feliz pela maravilha de ter tido filhas, pois hoje elas fazem o mesmo por ela.

ViaBET

Compartilhe

Thais Senahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Sou professora de inglês, formada em Comércio Exterior, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo e parte do grupo de Pesquisa Laroyê - Culturas Infantis e Pedagogias Descolonizadoras. Já atuei como professora voluntária e em projetos populares, fez formação em parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Conselho Britânico e há 6 anos atua também na Ebony English, que ensina inglês com cultura negra.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES