fbpx
19.5 C
São Paulo
sexta-feira, 03 dezembro 2021
HomeNotíciaSaiba como participar da Paralisação Internacional das Mulheres

Saiba como participar da Paralisação Internacional das Mulheres

Foram o que não queriam ser. Estiveram onde não queriam estar. Fizeram o que não queriam fazer. Ouviram fiu-fiu na rua e tiveram medo de reivindicar respeito. Receberam salários menores e não questionaram os valores (financeiros ou não). Casaram com um bom homem sem questionar se havia mesmo amor. Transaram sem vontade pela imposição do casamento. Cuidaram sozinhas de filhos que nunca sonharam ter. Por muito tempo, beberam do cale-se que o patriarcado deu. Agora, se paralisam em todo o mundo atendendo ao chamado das mulheres feministas que aqui estão ou das mulheres feministas que aqui já estiveram.

A ‘8M – Paralisação Internacional das Mulheres’ acontece nesta quarta-feira, para lembrar na simbólica data de 8 de março, Dia Internacional da Mulher, que 11 são violentadas a cada 11 minutos, de acordo com o Fórum de Segurança Pública do Brasil. A realidade é uma constante também em outros países e é por isso que a luta transpõe fronteiras: Argentina, Austrália, Bolívia, Chile, Costa Rica, República Checa, Equador, Inglaterra, França, Alemanha, Guatemala, Honduras, Islândia, Irlanda do Norte, Irlanda, Israel, Itália, México, Nicarágua, Peru, Polônia, Rússia, El Salvador, Escócia, Coreia do Sul, Suécia, Togo, Turquia, Uruguai e EUA também prometem aderir à paralisação.

Foto: Divulgação

A movimentação não é necessariamente física: toda mulher pode contribuir à sua maneira. Não é preciso faltar no serviço. Não é preciso sair às ruas. Não é preciso largar tudo. Não a menos que se queira. A proposta é unificar e reafirmar a intensa luta da mulher e sua independência contra a violência social, legal, política, moral e verbal a que são submetidas. E toda forma de manifestação reivindicando a equidade de gênero é válida:

  • Parada total, se quiser e se puder
  • Parada de tempo parcial do trabalho
  • Parada por algumas horas
  • Apitaço no horário do almoço
  • Roupas roxas, batom roxo, fitas roxas
  • Panos roxos em casas e carros
  • Boicote a locais misóginos
  • Nada de compras neste dia
  • Participação de marchas
  • “Fora do Escritório” como status
  • Convite a outras mulheres
  • Posts com as hashtags #8m #8mbrasil #paradabrasileirademulheres #eu paro
  • Mude a foto de perfil: https://twibbon.com/support/parada-de-mulheres-8m-br

Todas pela Paralisação Internacional das Mulheres!

Compartilhe

Amanda Sthephaniehttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Preta. Pobre. Poeta. Periférica. Prounista. Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e estuda o último ano de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES