fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeCelebridadesRita Ora é acusada de impostora por não ser preta!

Rita Ora é acusada de impostora por não ser preta!

Rita Ora foi acusada no Twitter de blackfishing – termo em inglês derivado do catfishing, que significa impostor, e o tweet com a acusação viraliza chamando a atenção para ascendência de Ora ser comprovadamente 100% branca.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-26.png

A prática de uma pessoa branca usar de elementos próprios da cultura negra é definida como um fenômeno sócio-comportamental em que as pessoas usam características étnicas com intuito de tirar proveito pessoal dessa identificação.

Entenda a polêmica

No domingo (09), um usuário do Twitter acusou a cantora britânica de 29 anos de blackfishing, anexando uma foto de Ora com seus pais brancos e imagens dela usando penteados historicamente negro.


O tweet, que acumulou quase 100.000 curtidas e mais de 20.000 retuítes, se referia a descoberta de que Rita Ora não é preta de forma alguma e que seus pais são albaneses brancos, afirmando ainda que meninas brancas estavam praticando o blackfishing – referindo se as celebridades brancas que estão fazendo uso de tranças afro.

Um usuário da ferramenta indignado acrescentou que as mulheres brancas realmente se transformam em mulheres pretas com facilidade.

A família de Ora é de Kosovo , um país autodeclarado independente  cuja população consiste principalmente de albaneses e sérvios.

Em 2016, Wendy Williams afirmou a Ora: “Pensei que você fosse metade preta e metade branca, ou algo parecido”

Ora respondeu: “Todo mundo acha. Mas não, sou albanesa.”

Apesar de sua herança europeia branca, Ora tem repetidamente usado seu cabelo em box braids, tranças soltas e penteados afros. E, recentemente, Rita Ora fez uso do baby hair, que TNM mostrou um pouco de sua história aqui – o que é considerado apropriação cultural.

O Blackfishing é algo que vem se tornando cada vez mais comum nos últimos anos pelo crescimento da representatividade negra nos debates raciais. E, celebridades brancas como Anitta, Kylie Jenner, Kim Kardashian West já foram duramente criticadas por usarem penteados semelhantes.

Gina Conteh escreveu para a BET: “O cabelo preto foi ridicularizado, discriminado e policiado desde que os primeiros colonizadores chegaram ao continente africano.

“Quando falamos sobre a apropriação cultural de nossos penteados trançados, seja trança boxer ou qualquer outra trança estamos simplesmente apontando o contexto histórico e o significado ancestral que vem com nossos penteados e cabelo preto e portanto não deve ser uma nova tendência em uma cabeça branca. “

Combinado com seu tom de pele bronzeado, as decisões estilísticas de Ora aparentemente levaram muitos fãs a pensar que a cantora era preta ou mestiça.

Quando as pessoas no Twitter perceberam que ela é branca, Ora foi acusada de cultivar intencionalmente essa suposição de ser preta.

A escritora Camilla Blackett afirmou que Ora estava absolutamente se vendendo como preta no Reino Unido por ANOS.

Outros usuários do Twitter acusaram a gravadora de Rita Ora que é de propriedade de Jay-Z de fazer o marketing da cantora como racialmente ambígua ou mesmo como “Rihanna 2.0”.

Algumas pessoas defenderam Ora, argumentando que ela é naturalmente “étnica” ou “ambígua” e que sua única culpa são os penteados pretos.

Rita Ora ou seus representantes, até publicação do post, não se pronunciaram sobre a polêmica.

Compartilhe

Carol Lee Dutrahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Graduada em Gestão e Design de Moda pela Universidade Euro-Americana de Brasília atuo como Colunista de Moda na plataforma TNM e atual presidente da ONG IMNEGRA de auxílio e capacitação de mulheres em situação de vulnerabilidade.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES