fbpx
19.5 C
São Paulo
terça-feira, 18 janeiro 2022
HomeAgendaRicardo Aleixo participa do Roda de Leitura no dia 08

Ricardo Aleixo participa do Roda de Leitura no dia 08

No dia 8 de dezembro, às 17h, as reflexões do Roda de Leitura são voltadas para dois poemas presentes no mais recente livro do poeta, músico, artista visual e pesquisador intermídia Ricardo Aleixo, Pesado demais para a ventania, de 2018. Realizado pelo Itaú Cultural,  a atividade tem como mediadoras e consultoras a poeta Ana Estaregui e a professora de literatura Renata Pimentel. Os ingressos podem ser reservados via Sympla.

Meu negro é o primeiro texto a ser debatido. É escrito em prosa e se vale de diversos recursos de escrita, que produzem um ritmo marcado no qual o texto se alimenta de si, dando origem à próxima frase. O poema discorre sobre o fato de ser negro e abarca diversas percepções ao redor disso.

O poemanto: ensaio para escrever (com) o corpo, como o título já anuncia, é uma espécie de poema-ensaio estruturado em 27 estrofes numeradas, que discorrem sobre desdobramentos do trabalho, o “poemanto” de Aleixo, presentificando a faceta intermídia do artista. Nele, são abordadas diversas questões que tratam da performance, do corpo e da palavra, ao passo em que cria diálogos com outros poetas e artistas, revelando seu trabalho como algo permanentemente em obra, verdadeira forma escultórica em movimento, aberta.

A série ‘Insecure’ vai virar um jogo

Ricardo Aleixo

O escritor mineiro já publicou 15 livros, dentre eles Festim, Impossível como nunca ter tido um rosto, Modelos vivos e Antiboi.

Suas obras mesclam poesia, artes visuais, vídeo, dança, performance, música e design sonoro. Já se apresentou na Alemanha, Argentina, Portugal, México, Espanha, França, Estados Unidos e Suíça.

Desenvolve seus projetos de pesquisa, criação e formação no Laboratório Interartes Ricardo Aleixo (LIRA), situado no bairro Campo Alegre, periferia de Belo Horizonte. O mesmo espaço abriga a loja onde são comercializados os seus livros, cartazes, poemisetas e outros produtos.

Poder morrer
de tantas formas

e não ter morrido
nunca nenhum

desses tantos anos
que eu vivo

aqui entre
os humanos.

Poema “E rir à solta e não morrer “de Ricardo Aleixo, do livro “Extraquadro” lançado no ano de 2021 pela Ed. Impressões de Minas.

Roda de Leitura

Tem a proposta de fruição e troca entre participantes de todo o país interessados por literatura e com diferentes experiências com o ato de ler. O ponto de partida é o acervo da Biblioteca Itaú Cultural, de onde são escolhidos textos curtos para serem trabalhados, alternando sempre os gêneros entre prosa e poesia.  

Ana Estaregui

É poeta formada em Artes Visuais pela FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado, e mestre em Literatura e Crítica Literária pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP.

É autora dos livros Chá de Jasmim (Patuá, 2014) e Coração de Boi (7Letras, 2016), ambos contemplados pelo ProaC de Poesia, sendo o último finalista do Prêmio Alphonsus de Guimaraens da Biblioteca Nacional, em 2017. Em 2018, recebeu o Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura na categoria poesia. Colabora no conselho editorial da Revista Intempestiva e realiza oficinas livres de criação em escrita e arte. Ministra o curso Encruzilhadas: poesia e artes visuais – como pensar poéticas de procedimento? no MAM, Museu de Arte Moderna de São Paulo.  

Renata Pimentel

Graduada em Letras, com mestrado e doutorado em teoria literária pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Desde 2010 é professora de literatura na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Publicou Uma lavoura de insuspeitos frutos (ed. Annablumme, São Paulo, 2002); Copi: transgressão e escrita transformista (ed. Confraria do Vento, 2011); Da arte de untar besouros (poesia, ed. Confraria do Vento, 2012) e Denso e leve como o voo das árvores (poesia, ed. Confraria do Vento, 2015).

Tem formação também em dança clássica e teatro: atua nas áreas criativas da dramaturgia em dança contemporânea e artes da cena, escreve dramaturgia para teatro e roteiro para audiovisual, além de atuar e trabalhar com curadoria e pesquisa em artes visuais. Foi colunista do JC on line e da Revista e site [email protected] Crí[email protected]  

Informações

Roda de leitura: Ricardo Aleixo

Dia 8 de dezembro (quarta-feira), 17h  

Duração: 90 minutos  

Classificação indicativa: 18 anos 

Via Zoom   

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES