Celebridades

Retrospectiva: relembre artistas negros premiados em 2019

Ludmilla, Toni-Ann Singh, Zozibini Tunzi e Maju Coutinho (Foto: Divulgação/Fotomontagem)

O ano de 2019 foi desafiador para a cultura no Brasil. Devido à crise econômica e vários outros fatores de origem política, esta área foi uma das mais afetadas com os cortes de verbas. Com poucos recursos e a despeito da grande polarização na sociedade, muitos negros conseguiram lançar seus projetos e alcançar grande repercussão no cenário nacional e internacional com seus trabalhos.

Mais que isso, muitos artistas negros foram premiados no Brasil e no exterior, trazendo algum frescor para a população negra que é pouco representada nas artes. Essa baixa representatividade acaba por reduzir a participação desses artistas em premiações e isso influencia diretamente na conquista de prêmios, uma vez que poucos têm seus trabalhos selecionados para disputar algum troféu.

Apesar de todas as dificuldades, muitos negros superaram grandes obstáculos ao longo do ano e se destacaram em suas respectivas áreas. O TNM preparou uma lista com os artistas que ganharam algum prêmio no ano de 2019, confira:

Spike Lee

Spike Lee ganhou o Oscar pela adaptação do roteiro de “Infiltrado na Klan”. (Foto: Gregg DeGuire/FilmMagic/Getty Images)

No início do ano, Spike Lee ganhou seu primeiro ‘Oscar’ pelo roteiro adaptado de “Infiltrado na Klan”. Ele dividiu o prêmio com Charlie Wachtel, David Rabinowitz e Kevin Wilmott, que o ajudaram no roteiro. Em 2006, o diretor já havia sido agraciado com o ‘Oscar Honorário’.

“Diante do mundo, eu gostaria de reverenciar os ancestrais que construíram esse país, e também os que sofreram genocídios. Os ancestrais que vão ajudar a voltarmos a ganhar nossa humanidade”, Spike Lee.

Mahershala Ali

Oscar 2019: Mahershala Ali vence como Melhor Ator Coadjuvante
Mahershala Ali ganha seu segundo ‘Oscar’. (Foto: Kevin Winter/Getty Images)

Quem também foi agraciado com uma estatueta dourada foi o ator americano Mahershala Ali. Ele ganhou o ‘Oscar’ como melhor ator coadjuvante por sua atuação como o pianista Don Shirley, em “Green Book — O guia”, de Peter Farrel. Ali é o segundo ator negro a levar mais de uma estatueta de atuação, ele foi premiado em 2017, por ‘Moonlight’. Antes dele, apenas Denzel Washington havia conseguido tal feito. 

“Quero agradecer ao Dr. Shirley por apenas tentar capturar sua essência. Tentar captar a essência do Dr. Shirley levou-me aos meus limites, o que é um reflexo da pessoa que ele era e da vida que ele viveu. E agradeço a ele.”, discursou Mahershala Ali.

Yuri Marçal

Yuri Marçal vence premiação sobre igualdade racial. (Foto: Divulgação)

Ator, comediante e digital influencer, Yuri Marçal venceu o Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019 na categoria Representatividade em Novos Formatos. O prêmio é uma iniciativa do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR) e busca reconhecer os principais nomes e iniciativas que atuam em prol da Igualdade Racial no Brasil.

Ludmilla

Ludmilla vence prêmio de melhor cantora do ano no Prêmio Multishow - Roberto Filho/Brazil News
Ludmilla venceu a principal categoria do Prêmio Multishow. (Foto: Roberto Filho/Brazil News)

Uma das cantoras negras mais ouvidas da atualidade, Ludmilla foi uma das vencedoras do Prêmio Multishow 2019. A artista venceu em duas categorias: : “Música Chiclete” com “Onda Diferente” e “Cantora do ano”, sendo a última, uma das mais disputadas da premiação. Ao agradecer pelo segundo troféu, Ludmilla chorou:

“É o choro de uma luta muito grande, muito longa. Eu só queria dizer para todas as meninas, todas as mulheres que nunca mesmo deixem alguém falar o que você é ou o que você pode ser na vida de vocês”, discursou.

Tia Má

Maíra Azevedo, a Tia Má, venceu o Prêmio CLÁUDIA na categoria Influenciadora Social. (Foto: Taylla de Paula/CLAUDIA)

Mais conhecida como Tia Má, a jornalista Maíra Azevedo, venceu a 24ª edição do Prêmio CLÁUDIA 2019 na categoria ‘Influenciadora Social’. 

“Eu quero tá bem sendo gorda, eu quero tá bem sendo preta, eu quero tá bem com meu cabelo crespo, eu quero tá bem com meu corpo roliço”, disse a artista à revista Cláudia.

Adriana Barbosa

Adriana Barbosa
Adriana Barbosa venceu duas premiações em 2019. (Foto: Julia Rodrigues/CLAUDIA)

Criadora da Feira Preta, maior evento de empreendedorismo negro da América Latina, Adriana Barbosa também foi uma das vencedoras da 24ª edição do Prêmio CLÁUDIA 2019. Ela venceu na categoria Empreendedorismo e Negócios. Além deste, Adriana ganhou também outro prêmio na categoria Troféu Grão do Prêmio Empreender Social. A premiação é organizada pelo jornal Folha de S. Paulo em parceria com a Fundação Schwab premia pequenas iniciativas de grande impacto social. 

“Compartilho esse prêmio com a equipe da Feira Preta e com todas as mulheres negras que ajudaram a construir esse país”, Adriana Barbosa

Zozibini Tunzi

Zozibini Tunzi é coroada Miss Universo 2020. (Foto: Elijah Nouvelage / Reuters)

A sul-africana Zozibini Tunzi foi eleita Miss Universo 2019, tornando-se, assim, a quinta mulher negra a vencer o concurso de beleza mais famoso do mundo. Para levar o título, Tunzi teve que superar concorrentes de 88 países. 

“Eu cresci em um mundo onde uma mulher que se parece comigo, com meu tipo de pele e cabelo, nunca foi considerada bonita. Isso acaba hoje. Quero que as crianças vejam seus rostos refletidos no meu”, declarou Tunzi

Toni-Ann Singh

A Miss Mundo 2019, Toni-Ann Singh, ao centro, ao lado de seu pai, Bradshaw Singh, e sua mãe, Jahrine Bailey. 
A jamaicana Toni-Ann Singh, ao centro, eleita Miss Mundo 2019. Do lado direito está Bradshaw Singh, seu pai e do esquerdo Jahrine Bailey, sua mãe. (Foto: Facundo Arrizabalaga / EFE / EPA)

Com 23 anos, a jamaicana Toni-Ann Singh foi eleita Miss Mundo 2019. A cerimônia aconteceu em Londres, na Inglaterra. Com a vitória, a Singh quebrou um jejum de 26 anos para seu país, que tinha vencido o concurso pela última vez em 1993.

“Para aquela pequena menina em St. Thomas, Jamaica, e para todas as meninas ao redor do mundo, por favor, acredite em você mesma. Por favor, saiba que você é merecedora e capaz de alcançar seus sonhos. Esta coroa não é minha, mas sua. Você tem um propósito”, escreveu a Miss Mundo nas redes sociais.

Maju Coutinho

Maju Coutinho é eleita melhor jornalista do ano pelo Troféu Domingão. (Foto: Reprodução/TV Globo)

A jornalista ganhou o “Troféu Domingão – Melhores do Ano 2019” na categoria ‘Jornalismo’. Maju também foi premiada na primeira edição do Prêmio Arcanjo de Cultura 2019. Ela venceu na categoria “STREAMING TV”  pelo “trabalho de excelência que a levou a ancorar o Jornal Hoje, na Globo”. 

“Quanto mais eu levo porrada, mais se faz necessária a minha presença ou de quem leva. Acho que a gente tem que marcar presença, ainda mais em um momento tão polarizado se faz necessária a presença de jornalistas profissionais”, afirmou Maju após ganhar o Troféu Domingão.

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Redação TNM
Load More In Celebridades

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Taís Araújo posta foto de revista e fala sobre evolução

Taís Araújo posta capa de revista de 1998 ...

Facebook

Newsletter