fbpx
19.5 C
São Paulo
sábado, 27 novembro 2021
HomeNotíciaRenascer de Jacarepaguá homenageia "O Papel e o Mar" nesse carnaval

Renascer de Jacarepaguá homenageia “O Papel e o Mar” nesse carnaval

A Renascer de Jacarepaguá homenageia, em 2017, pelo grupo de acesso A, Maria Carolina de Jesus, escritora, e o líder da Revolta da Chibata, João Cândido. O enredo é baseado no curta “O Papel e o Mar”, que narra um encontro imaginário entre o almirante negro e a catadora de palavras. Um bilhete lançado ao mar dentro de uma garrafa une as personagens na Marquês de Sapucaí.

O enredo é baseado no curta-metragem dirigido e adaptado por Luiz Antonio Pilar e interpretado por Zózimo Bulbul, como João, e Dirce Thomas como Carolina. Através dessa bela história, a escola de samba cultua e honra dois grandes nomes da história negra no país.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Carolina Maria de Jesus foi uma das primeiras escritoras negras do Brasil. Seu livro, “Quarto de Despejo”, foi traduzido para várias línguas, atravessando fronteiras e se tornando mais famoso no exterior do que no Brasil. Hoje, felizmente, sua história tem sido resgatada e a nova geração ouve falar sobre o dom de escrever que a mulher negra sustentava.

joao
Foto: Reprodução

João Cândido, por sua vez, era marinheiro só. Participou e comandou a Revolta dos Marinheiros do Rio de Janeiro, mais conhecida como Revolta da Chibata, na luta pelo fim dos castigos corporais na Marinha. Com isso, foi expulso e precisou trabalhar como pescador para sobreviver. Foi, toda vida, engajado na política. Queria mudanças. Ainda hoje é pouco conhecido, infelizmente.

No resgate dessas histórias, a Renascer de Jacarepaguá entra na avenida. É com o samba no pé e a história negra no coração para trazer à memória os grandes nomes que o povo brasileiro esqueceu.

Curta “O Papel e o Mar”:

Compartilhe

Amanda Sthephaniehttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Preta. Pobre. Poeta. Periférica. Prounista. Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e estuda o último ano de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES