fbpx
19.5 C
São Paulo
sexta-feira, 03 dezembro 2021
HomeNotíciaÉ hoje! Rainha da Favela chegou

É hoje! Rainha da Favela chegou

Ludmilla, Valesca Popozuda, Tati Quebra Barraco, MC Carol e MC Kátia a fiel lançam o hit "Rainha da Favela".

Ludmilla ao lado das pioneiras do funk para a construção de Rainha da Favela

O novo single da cantora Ludmilla já está disponível. Rainha da Favela é mais que uma canção, é uma homenagem a resistência do funk e da cultura brasileira.

Ludmilla, Valesca Popozuda, Tati Quebra Barraco, MC Carol e MC Kátia a fiel, se reuniram para mostrar a essência do funk brasileiro. Rainha da Favela é tudo aquilo que esperávamos e um pouco mais. É ritmo, arte, resistência e história. Afinal, estamos falando das mulheres pioneiras do estilo. A letra foi escrita para exaltar essas mulheres, além disso: “O trabalho aqui é bem feito, respeita o serviço, nego.”

Ludmilla ao lado das pioneiras do funk para a construção de Rainha da Favela
Ludmilla lançou mais um hit, Rainha da Favela, homenageando a resistência do funk e da cultura brasileira. (Foto: Divulgação)

O funk nasceu na favela e foi feito para a favela e hoje agrada gringos, gregos e se brincar até troianos. O funk é potência e foi assim que muitos jovens conseguiram uma vida melhor, tiveram a chance de seguir um sonho no mundo artístico. Ludmilla sempre foi uma grande representatividade e superou muitas expectativas, agora não poderia ser diferente.

Ludmilla sobre Cobra Venenosa: “Fiz há anos”

A letra

Como a própria cantora já deixou claro, o single é uma homenagem às mulheres que vieram antes e abriram o caminho para tantas outras funkeiras. E é isso que vemos na música, uma coroação a quem realmente merece, as rainhas que estão batalhando na arte e na vida.

A produção está impecável, assim como a divulgação. A equipe fez uma série de vídeos com cada convidada para explicar o que é ser rainha. E assim a gente pode conhecer mais dessas mulheres maravilhosas. Para MC Kátia a Fiel, ser rainha é: “Saber ouvir, saber compreender, saber dar ordem e lacrar. Eu sempre fui rainha da minha raba.”

Ser rainha é ser livre e vamos celebrar a Rainha da Favela. Vem conferir esse clipe!!!

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES