fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 29 novembro 2021
HomeNotíciaRacismo na praia gera vídeo das meninas do "Estaremos Lá"

Racismo na praia gera vídeo das meninas do “Estaremos Lá”

Por Solange Reis

No domingo passado, 29 de agosto, Sulamita Mermier, uma mulher negra de 31 anos, frequentava a praia da Reserva, no Rio de Janeiro, com seu marido suíço e, durante três horas, recebeu insultos racistas de Sônia Valério Rebello Fernandez, que estava próxima à ela. Frases como “preto é nojento, é lixo”, “você é marido dessa mulata nojenta, encardida? Você devia ter nojo de encostar nela”, foram ditas à Sulamita e seu esposo que, ao chamarem a polícia, que levou a criminosa detida, ainda escutaram “eu tenho dinheiro para bancar advogado, você tem?”

Sônia foi presa e, com fiança de R$ 500, libertada no dia seguinte. Ela responderá processo pelo crime de injúria racial em liberdade.

Esta situação explícita de racismo fez com que as meninas do “Estaremos Lá”, grupo que se tornou amplamente difundido na internet, semanas atrás, por relatar uma situação de racismo que aconteceu em um shopping de São Paulo, gravassem um novo vídeo. Intitulado “Estaremos na Sua Praia”, foi lançado na web esta manhã, já está “viralizando”, e reflete sobre a tamanha incoerência e crime cometidos por essa “cidadã”.

Da esquerda para direita: Samantha Cristina, Beatrice Oliveira, Carol Silvano e Stella Yeshua, do “Estaremos Lá”!

VEJA O VÍDEO DAS MENINAS AQUI! 

A nossa luta por direitos humanos, equiparação social e econômica apenas começou. Esse é um traço de que estamos avançando. Estaremos lá!

 

Compartilhe

- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES