fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 06 dezembro 2021
HomeAgendaProgramação das Fábricas de Cultura ampliam debates sobre raça e gênero

Programação das Fábricas de Cultura ampliam debates sobre raça e gênero

As Fábricas de Cultura, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis, estão com inscrições abertas para diversas atividades gratuitas que irão ocorrer nas plataformas virtuais. As ações acontecem nas redes sociais do Programa e também podem ser conferidas na página www.poisis.org.br/maiscultua.

Javicia Leslie substituirá Ruby Rose como Batwoman

Na segunda-feira, dia 13 de julho às 11h, a escritora Odara Dèlé propõe compartilhar os processos de criação de suas obras, influências literárias e diálogos existentes sobre as relações étnico-raciais em suas publicações, a fim de possibilitar aos espectadores à participação de um espaço de diálogo com temas emergenciais: representação negra e diversidade nas obras destinadas para crianças e adolescentes. O encontro acontecerá pelo Youtube das Fábricas de Cultura.

A Fábrica de Cultura Capão Redondo transmitirá o espetáculo de circo Entre Elas na Quarentena pelo Instagram no dia 15 de julho, quarta-feira, às 18h. A Cia Armárias irá transpor cenas do espetáculo “Entre Elas” com cenas acrobáticas realizadas em casa na quarentena. A apresentação conta a história de Três amigas que durante a quarentena compartilham um café e o anúncio de um noivado. A partir desta breve convivência, traços de suas identidades são reveladas por provocações e por questões externas ditadas pela estrutura do sistema em que vivem.

Dia 16, quinta-feira às 15h, a Fábrica de Cultura Jaçanã oferecerá a Oficina de Estamparia Africana. A estilista angolana Maria Chantal te convida a aprender sobre filosofia africana através dos símbolos pertencentes ao conjunto Akan. Além da teoria sobre o conhecimento deste povo, a oficina apresenta o método de estamparia utilizado por Chantal no desenvolvimento da coleção Adinkra para sua marca homônima. A transmissão será pelo Facebook.

A cantora Paulla Zeferino realizará um Pocket Show pelo Instagram no sábado, dia 18 às 19h. Paulla selecionou um repertório especial para o Festival Nordeste Aqui, da Fábrica de Cultura Capão Redondo, que reúne nomes como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Anastácia e Gilberto Gil.

Ester Horta apresentará a palestra Que Histórias Temos na Cabeça? Saúde Mental e Relações Raciais. A atividade tem o objetivo de refletir sobre como se dá a construção da identidade das pessoas negras e o impacto psicológico do racismo nesse processo. Para tanto faz-se um resgate histórico, abordando conceitos como ideologia do branqueamento; definição e classificação do racismo na sociedade capitalista e o entendimento psicológico da construção da identidade negra, nas diferentes etapas da vida pautada por meio de referenciais como Neusa Santos, Virginia Bicudo e Fanon alinhado com aspectos biopsicossociais do desenvolvimento humano. A palestra será transmitida pelo Facebook no dia 22 de julho, quarta-feira-feira, às 17h.

No dia seguinte, 23 de julho às 10h, a atividade Tomando Voz: Mulheres Negras na Literatura tem o objetivo de elaborar uma breve resenha do livro da escritora e artista Grada Kilomba Memórias da plantação: episódios de racismo cotidiano, que discorre sobre raça, gênero, pós-colonialismo e memória. A atividade será transmitida pelo YouTube.

A equipe da Biblioteca da Fábrica de Cultura Jaçanã irá falar sobre a obra da escritora Cidinha da Silva. Com 17 livros publicados, sua escrita transita entre vários gêneros: contos, crônicas, escrita acadêmica, dramaturgia, livros infantis. Em sua escrita forte, Cidinha traz sua ancestralidade e aborda temas como o racismo e desigualdades raciais e de gênero. A atividade será dia 24 de julho, sexta-feira às 15, no YouTube.

A oficina Griô das Tranças Nagô será prática e terá contação de histórias com referências de obras premiadas para contar sobre a estética do cabelo Afro e seus penteados com amor e empoderamento. A oficina será transmitida pelo Instagram das Fábricas de Cultura, dia 25 de julho às 16h.

Ainda no dia 25, a Fábrica de Cultura Jardim São Luís proporcionará o Pocket Show do Mc Sombra. Sombra fez parte do clássico grupo de rap SNJ (Somos Nós a Justiça), donos do hit “Se tu lutas tu conquistas”, que marcou o início dos anos 2000. A brasileiridade é marca registrada do rapper, que dialoga com vários estilos nacionais, do baião ao manguebeat, passando pela MPB. O show será transmitido pelo YouTube às 18h.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES