fbpx
19.5 C
São Paulo
terça-feira, 30 novembro 2021
HomeNotíciaOctavia Spencer faz campanha por elencos com pessoas com deficiência

Octavia Spencer faz campanha por elencos com pessoas com deficiência

A estrela se uniu à instituição ADA para defender oportunidades e a autenticidade de narrativas.

Em um momento frágil e também histórico da indústria cinematográfica, em que diversas personalidades como Michael B. Jordan e Kendrick Sampson têm reforçado a importância de um ambiente mais inclusivo e suas repercussões na sociedade, a atriz, autora e produtora Octavia Spencer se uniu à instituição Americans with Disabilties Act (ADA) para defender através de um vídeo a contratação de pessoas com deficiência em Hollywood.

Baby Hair não é só tendência de beleza faz parte da história negra

ADA está completando 30 anos e, além da atriz que estrela a série sobre a vida de Madam C. J. Walker, reuniu outras celebridades em uma carta aberta que pede que Hollywood faça da contratação de pessoas com deficiência uma prioridade. Spencer começa o vídeo dizendo “você se lembra da primeira vez que viu a si mesmo em uma tela?” e segue falando sobre a importância de dar espaço à diferentes comunidades, não só para que essas pessoas tenham oportunidade, mas também pela autenticidade de suas histórias.

O vídeo está disponível no YouTube. Confira o discurso completo abaixo:

“Você se lembra da primeira vez que viu a si mesmo em uma tela? Não quero dizer você, literalmente, mas alguém que se parecia com você. Uma das vezes mais marcantes em que eu via alguém como eu era quando eu e minha família nos reuníamos para assistir a série de TV Good Times. Eu era tomada por essa experiência.

Você sabia que mulheres não tinham permissão para se apresentar em teatros até 1660? Todos os personagens, fossem masculinos ou femininos, eram retratados por homens antes disso.

Faz poucas décadas que atores brancos retratavam personagens negros, asiáticos e até indígenas nas telas. E faz apenas duas décadas que histórias LGBTQ foram escritas para o cinema e a TV. 

E todas essas comunidades tiveram que suportar não só suas histórias sendo contadas de forma não autênticas, mas também ver a si mesmos retratados de forma não autêntica. Mas nada pode substituir a experiência vivida e a representação autêntica. Por isso é imperativo que coloquemos o ator apropriado para o papel apropriado e isso também inclui pessoas com deficiência.

Colocar atores sem deficiência em papeis de personagens com deficiência é ofensivo, injusto e priva toda uma comunidade de pessoas de suas oportunidades.

Meu nome é Octavia Spencer e eu estou me juntando à Ruderman Family Foundation para chamar a atenção da indústria do entretenimento para aumentar a contratação de pessoas com deficiência. Não há motivos para continuarmos repetindo os erros do passado. Juntos, nós deveríamos e podemos fazer melhor.”

ViaBET

Compartilhe

Thais Senahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Sou professora de inglês, formada em Comércio Exterior, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo e parte do grupo de Pesquisa Laroyê - Culturas Infantis e Pedagogias Descolonizadoras. Já atuei como professora voluntária e em projetos populares, fez formação em parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Conselho Britânico e há 6 anos atua também na Ebony English, que ensina inglês com cultura negra.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES