fbpx
19.5 C
São Paulo
terça-feira, 18 janeiro 2022
HomeNotícia'O Pequeno Herói Preto' estreia espetáculo virtual e gratuito

‘O Pequeno Herói Preto’ estreia espetáculo virtual e gratuito

Idealizada e interpretada por Junior Dantas, montagem infanto-juvenil inédita mistura diferentes linguagens valorizando aspectos da cultura negra e heróis da vida real.

A frase ‘Representatividade Importa’, que tem se repetido ultimamente reforça a criação do espetáculo inédito ‘O Pequeno Herói Preto’, que estreia sua primeira temporada de forma remota, virtual e gratuita no dia 19 de junho às 11h no canal do YouTube.

“O Pequeno Herói Preto” será lançada no YouTube

Gravado no Teatro Firjan Sesi Centro e contando a aventura de Super Nagô, um youtuber de 10 anos que descobre seus poderes através de sua família, o solo infanto-juvenil é um projeto com recursos aprovados através da Lei Aldir Blanc, por meio doGoverno Federal, do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro.

Interpretado por Junior Dantas, que assina o texto com Cristina Moura – responsável também pela direção ao lado de Luiza Loroza – O Pequeno Herói Preto usa os conhecimentos de seus antepassados e da natureza para transformar positivamente a vida das pessoas ao seu redor, apresentando nossa história, cultura e ancestralidade às crianças ainda na primeira infância. Em estilo de autoficção, a peça reforça a ideia de que todos temos poderes apresentando heróis e heroínas reais, que com gestos simples alteram para melhor o eu entorno, além de muitas referências do conceito e do olhar afrofuturista, conceito que interliga a cultura africana à ficção científica.

‘Nos meus projetos, sinto vontade de falar de coisas que vivi e, com o tempo, comecei a perceber que sou de uma família de super-heróis e heroínas, cada um com seu jeito e seus poderes. Minha avó fazia comidas maravilhosas e a ela associo o poder do fogo; minha mãe estava sempre limpando, lavando e trabalhando para criar os três filhos, então a ela associo o poder da água; ao meu avô, a terra e ao meu pai, o ar. É uma forma de sempre levar comigo a energia da minha cidade, família e amigos, tudo misturado a uma boa dose de ficção’, revela Junior.

Assim como seu protagonista, a peça faz uso da tecnologia em sua linguagem para se aproximar ainda mais das crianças. ‘Este é um espetáculo teatral – porém, com a pandemia, a versão online foi pensada de forma audiovisual. Desenvolvemos um espetáculo lúdico, poético, colorido, com um personagem alto astral, uma ótima história e músicas para todo mundo ficar cantando durante e depois da peça’, aposta o ator sobre as músicas originais compostas por Muato, que também assina a direção e produção musical  a percussão corporal. As músicas serão lançadas posteriormente nas plataformas digitais, assim como clipes musicais serão desenvolvidos.

De olho na geração que já nasceu em conexão digital, a montagem apresenta cenário de Cachalote Mattoscomposto por luzes de LED e armações móveis, que vão mudando de formato de acordo com a cena. ‘Tudo é muito contemporâneo: figurino, músicas e os temas abordados. Também temos ilustrações animadas assinadas por Luísa Martins e Rodrigo Menezes que aparecem na tela, contracenam e ajudam a contar a história. Numa cena sobre heróis e heroínas, por exemplo, eles surgem na tela, é uma atração à parte’, adianta Junior sobre a cena com personagens históricos como Dragão do Mar, Tereza de Benguela, Benjamin de Oliveira e Tia Ciata.

Outros personagens reais, como Gilberto Gil, Elza Soares e Conceição Evaristo, além dos fictícios Lanterna Verde e Pantera Negra, também entram como heróis homenageados. ‘O poder deles é transformar a vida das pessoas através da arte. É muito importante que isso vire assunto em casa, na escola e na roda de amigos. Eu não tive personagens com os quais eu me identificasse e me sentisse representado quando pequeno. Com certeza, estas crianças vão crescer mais empoderadas e acreditando no seu potencial. Com este trabalho, eu volto a ser criança. Aprendo e me divirto o tempo todo’, encerra Junior.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES