fbpx
19.5 C
São Paulo
domingo, 05 dezembro 2021
HomeNotícia"Não mudou muito" diz Pelé sobre racismo no futebol

“Não mudou muito” diz Pelé sobre racismo no futebol

Para o ex-jogador, o que pode ter mudado foi a atuação da imprensa nos casos de racismo

Pelé durante entrevista. (Foto: Divulgação)

Na semana de estreia da CNN Brasil, Pelé concedeu uma longa entrevista ao veículo. Na ocasião, o artista falou sobre vários assuntos dentre eles o racismo. Para Pelé, pouca coisa mudou dentro dos campos. “Acho que hoje não mudou muito [o racismo no futebol]. A única coisa que deve ter mudado acho que foi a imprensa.”, afirmou o ex-jogador.

Quando ia jogar na Europa acontecia muitas vezes. Jogando aqui contra argentinos, chamavam a gente de macaco, de chimpanzé e crioulos. Veja se saiu algum escândalo.

Pelé

Apesar da hostilidade, muitos torcedores acabavam aplaudindo o jogador no final da partida. “A seleção brasileira ou o Santos iam bem e aí o pessoal aplaudia no final. É uma coisa de momento.  Não me machucava quando a gente jogava na Europa, América Latina, e falavam: “crioulo”, “filho daquilo”…  isso não me machucava.”. 

Com 79 anos de idade e mais de mil gols no currículo, Pelé é um dos jogadores mais conhecidos e admirados do mundo.

Compartilhe

- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES