fbpx
19.5 C
São Paulo
terça-feira, 07 dezembro 2021
HomeDivulgaçãoMulher Com a Palavra e o Afrofuturo

Mulher Com a Palavra e o Afrofuturo

O programa Mulher Com a Palavra é apresentado pela jornalista Rita Batista. Além dela, também conta com as convidadas Monique Evelle, Margareth Menezes e Preta Rara.  O evento vai ao ar no último domingo de outubro, dia 31. A transmissão será no canal do MCP no YouTube e também na emissora TVE Bahia.

A última exibição do programa tem como tema o Afrofuturo. O que seria esse conceito? Quando se pensa em futuro, alguns têm uma imagem de carros voadores, roupas espaciais, robôs e muito mais. Mas o afrofuturismo tem outras referências. Sua origem está relacionada ao filósofo, músico e poeta Sun Ra, na década de 50. No Brasil, o tema vem ganhando espaço, sobretudo para discutir perspectivas de futuros possíveis da população negra ao redor do mundo.

Por isso, o projeto reuniu grandes personalidades negras para dialogar sobre o tema. Monique Evelle é fundadora da Inventivos e destaque entre os mais brilhantes empreendedores do país. Para a empreendedora baiana, o último programa da temporada está imperdível.

“Estarão quatro gerações de mulheres negras, prospectando futuros pelo olhar da abundância e pela lente de Salvador”, declara a empresária.

Margareth Menezes é cantora e compositora, uma grande represente da arte afrobrasileira. Logo, é mais que qualificada para falar sobre o futuro e as questões culturais do povo preto.

Além disso, a  rapper, historiadora e escritora Preta Rara de Santos também integra o time. Criadora da campanha #EuEmpregadaDoméstica, que começou com um depoimento pessoal sobre abusos no ambiente de trabalho, acabou dando origem a um livro com o mesmo nome.

Preta Rara no programa Mulher Com Palavra
A rapper, historiadora e escritora Preta Rara, integrante do “Mulher com a Palavra”. (Foto: Caio Lirio)

Mamãe, Tem Uma Drag Queen Contando Histórias

O futuro de Mulher com a Palavra

Neste ano, por conta da pandemia, a quinta edição do projeto assumiu o formato audiovisual. No entanto, em 2022, a diretora geral da Maré Produções Culturais, Fernanda Bezerra, afirma que transformará o Mulher Com Palavra em um dos mais relevantes festivais multiculturais do país.

Será um evento de protagonismo de equidade de gênero, das artes e pensamentos liderados por mulheres”, declara.

A nova temporada do projeto tem previsão para acontecer no primeiro semestre de 2022. Esta é uma iniciativa cultural. Por isso, é realizada pela Lei de Incentivo à Cultura.Mas também conta com outros patrocínios. Dois exemplos são a Novelis e a Avon. Além destes, há também o apoio da Bahiagás e da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia.

A realização fica por conta da Maré Produções Culturais, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES