fbpx
19.5 C
São Paulo
sábado, 04 dezembro 2021
HomeAgendaMostra de dança "Insubmissas", no Sesc Pinheiros

Mostra de dança “Insubmissas”, no Sesc Pinheiros

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Entre os dias 25 de abril e 9 de maio, o Sesc Pinheiros apresenta “Insubmissas: Algumas Danças que Habitam Nossas Casas”.  A mostra de dança que reúne grupos e espetáculos de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, gera debater sobre a produção e a pluralidade dos contextos periféricos e negros. Com curadoria do Sesc Pinheiros e de Luciane Ramos-Silva, artista da dança e antropóloga, o evento reúne  Fragmento Urbano (SP), ExperimentandoNUS (BA) e a Cia. Clanm (RJ), além de espetáculos solos dos artistas Djalma Moura (SP) e Thais de Menezes (SP) numa programação gratuita.

A mostra valoriza produções de grupos socialmente marginalizados que, infelizmente, raras vezes têm a oportunidade de mostrar sua arte, principalmente a partir de experiências próprias, como propõe o subtítulo do evento – “Algumas danças que habitam nossas casas” -, fazendo referência à casa como lugar de pertencimento, memória e procura, envolvendo ainda os espectadores para que também entendam a ressignificação das suas experiências através da dança. Há ainda uma discussão sobre a cena de dança contemporânea periférica, quando são abertos debates antes das apresentações, no intuito de gerar interação com o público e conhecimento sobre os contextos sociais e artísticos.

A abertura do evento foi realizada na última terça-feira (25), com “Encruzilhada”, da Cia. Fragmento Urbano (SP), que apresentou a ressignificação da ancestralidade nos espaços urbanos periféricos, propondo uma nova consciência corporal e política. Na última quarta-feira (26) e quinta-feira (27), a Cia. baiana ExperimentandoNUS apresentou “Da Própria Pele Não Há quem Fuja”, que faz parte de uma pesquisa sobre diversidade cultural afro-brasileira, com forte simbologia dos orixás. Mas ainda dá tempo de conferir outros grupos!

Nos dias 3 e 4 de maio, quarta e quinta-feira, às 20h30, “Pele”, da Cia. Clanm (RJ), interpela a função do ‘tecido vivo’ na interação do indivíduo com o meio, a partir da compreensão de intervenções na pele como um conjunto de códigos que moldam o acesso das pessoas a determinados grupos ou espaços. Em 9 de maio, terça-feira, às 20h30, Thais de Menezes apresenta “Mira” e abre um debate sobre a suposta liberdade de ocupação de espaços públicos de maneira democrática. Ainda no dia 9, às 21h, “Boi da Cara Preta”, do paulista Djalma Moura, cria fissuras entre mundos a fim de promover o retorno à ancestralidade.

Os encontros, por sua vez, mediados pela curadora Luciane Ramos-Silva, acontecem antes dos espetáculos, quando artistas e público apresentam suas ideias e discutem processos criativos e experiências. Denominados “Diálogos em Movimento”, têm entrada franca e são, ao todo, quatro reuniões, sempre a partir das 18h30, com 90 minutos de duração aproximadamente. No dia 25 de abril, com o grupo paulista Fragmento Urbano; no dia 26 de abril, com a companhia de dança baiana ExperimentandoNUS; no dia 3 de maio, é a vez da cia. Clanm (Cia. Laboratório de Arte Negra em Movimento), do Rio de Janeiro; e o dia 9 de maio, os artistas paulistas Djalma Moura e Thais de Menezes fecham esta programação.

 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

SERVIÇO

 “ENCRUZILHADA”, com grupo Fragmento Urbano (SP)

Dias 25 de abril de 2017. Terça-feira, às 20h30.
Local:
Praça

Duração: 30 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

“DA PRÓPRIA PELE NÃO HÁ QUEM FUJA”, com cia. ExperimentandoNus (BA)

Dias 26 e 27 de abril. Quarta e quinta-feira, às 20h30.
Local:
Praça

Duração: 30 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

“PELE”, com cia. Clanm (RJ)

Dias 3 e 4 de maio. Quarta e quinta-feira, às 20h30.
Local:
Praça

Duração: 30 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

“MIRA”, com Thais de Menezes (SP)

Dia 9 de maio de 2017. Terça-feira, às 20h30.
Local:
Praça

Duração: 30 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

“BOI DA CARA PRETA”, com Djalma Moura (SP)

Dia 9 de maio de 2017. Terça-feira, às 21h.
Local:
Praça

Duração: 30 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

 

DIÁLOGOS EM MOVIMENTO

Com Cia. Fragmento Urbano (SP)
Dia 25 de abril de 2017. Terça-feira, das 18h30 às 20h
Local:
Praça

Duração: 90 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

Com ExperimentandoNUS Cia. de dança (BA)
Dia 26 de abril de 2017. Quarta-feira, das 18h30 às 20h
Local:
Praça

Duração: 90 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

Com Cia. Clanm (RJ)
Dia 3 de maio de 2017. Quarta-feira, das 18h30 às 20h
Local:
Praça

Duração: 90 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

Com Djalma Moura e Thais de Menezes
Dia 9 de maio de 2017. Terça-feira, das 18h30 às 20h
Local:
Praça

Duração: 90 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: Grátis

SESC PINHEIROS
Endereço: Rua Paes Leme, 195.
Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10h às 18h.
Tel.: 11 3095.9400.
Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, das 10h às 21h30; domingo e feriado, das 10h às 18h30. Taxas / veículos e motos: Credenciados plenos no Sesc: R$ 12 nas três primeiras horas e R$ 2 a cada hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 18,00 nas três primeiras horas e R$ 3 a cada hora adicional.

Compartilhe

Amanda Sthephaniehttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Preta. Pobre. Poeta. Periférica. Prounista. Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e estuda o último ano de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES