Notícia

Missa inculturada celebra mês da Consciência Negra em Tiradentes

No último sábado (24), às ruas de Tiradentes (MG) receberam a Missa Negra, também conhecida como missa inculturada. O cortejo, com tradição própria, foi retomado neste ano por Vilma Lourenço e Ana Carolina Barbosa, do projeto Tiradentes Mais.

O grupo seguiu com batuques e cantos, após sair da Igreja do Rosário em direção ao Chafariz de São José, carregando consigo um público de aproximadamente 500 pessoas.

“A Igreja do Rosário já é dos negros, já é nossa. Ser em outro lugar é uma tentativa de expansão da nossa área, de onde a gente pode estar, lugares que sempre nos foram cerceados. O chafariz é um lugar  que marca muito pela questão de onde os negros foram judiados e maltratados, onde eram violentados”, conta a organizadora Ana Carolina Barbosa.

Retomada agora, a Missa Negra representa um resgate da identidade negra, num dos últimos estados a abolir a escravidão, onde a cultura afro-brasileira permaneceu marginalizada por muito tempo e sente ainda os reflexos do sistema escravocrata.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Missa Inculturada – Ficha Técnica

Realização: Congado Nossa Senhora do Rosário e Escrava Anastácia

Organização: Ana Carolina Barbosa e Vilma Lourenço

Produção: Hosanan Conceição

Participação especial: Grupo Raízes da Terra

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Notícia

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

AFROPUNK MAIOR FESTIVAL DE CULTURA NEGRA DO MUNDO ACONTECERÁ NO BRASIL

foto reprodução Instagram A informação que parecia ser ...

Facebook

Newsletter