Notícia

Mais uma: O Miss Brasil 2016 acaba de ganhar a quarta concorrente negra

O Brasil conquistou no último final de semana mais uma grande chance de ter uma Miss Brasil negra. Desta vez a vencedora saiu daquele que deveria ser o estado mais provável de todos, que deveria ter uma Miss negra. Deveria. No ano passado e em muitos outros não foi assim, as misses eram brancas. Mas agora, finalmente, aconteceu. No ano passado, a moça levou o título de Miss Simpatia ao ficar entre as cinco finalistas do concurso e foi a primeira vez que ela participou da disputa. Este ano, a Miss Mata de São João, Juliana Oliveira, de 26 anos e 1,73 de altura, ganhou a coroa após derrotar outras 700 candidatas inscritas e 20 finalistas. A final aconteceu na Casa Salvatore, no Cabula, bairro de Salvador.

Tudo muito bom, não há dúvidas que a jovem foi merecedora. Quer dizer, para alguns há. Como estamos no país mais racista do mundo, por mais incrível que possa parecer, surgiram pessoas que não concordaram que uma NEGRA tenha sido eleita Miss no estado mais negro do Brasil. Até o Paraná, estado onde a proporção de negros é infinitamente menor se comparado a Bahia, elegeu uma Miss negra, de boas. Eis que logo após o resultado do concurso, alguma alma penada, carente de conforto, atenção e amor, criou uma página no Facebook repudiando o resultado do concurso. A página “forajuliana” estava com 356 seguidores até às 21h30 desta segunda-feira (1º). Acreditem, para os criadores da tal página, a moça NEGRA não representa a Bahia. “Havia candidatas mais preparadas, mais belas e com estereótipo de miss (branca). Esta foi eleita para desfavorecer o Estado”, chegou a escrever um homem.

Desfavorecer o estado?? What a fuck????




A Miss informou que denunciou a página assim que tomou conhecimento da existência e pediria a amigos e conhecidos para fazerem o mesmo. Provavelmente as denúncias deram resultados pois  na noite  dessa quinta-feira a página não foi mais encontrada. Apesar disso, não faltam protestos nas redes sociais repudiando a vitória da moça.

No vídeo de Juliana Oliveira para o evento, por exemplo, há mais descurtidas do que curtidas, curiosamente. Por que será?

As poucas pessoas que comentaram o vídeo, o fizeram apenas para questionar a vitória da modelo no concurso.

Miss Bahia

Juliana Oliveira reforça o time de mulheres negras que estarão concorrendo no Miss Brasil 2016, aumentando considerávelmente as chances de termos, finalmente, uma Miss Brasil negra. Recentemente a belíssima Deise D`anne saiu vitoriosa e representará o estado do Maranhão. Raíssa Santana saiu da Bahia e foi vencer no Paraná. Sabrina Paiva, da cidade paulista de Caconde, foi eleita Miss São Paulo e é forte candidata a levar o título nacional. Ainda restam mais alguns estados para elegerem suas misses, torçamos para que tenhamos ainda mais representatividade, para que as chances aumentem no Miss Brasil Brasil 2016 e que uma mulher negra, finalmente, ganhe o passaporte para concorrer no Miss Universo.

Agora, se uma mulher negra não puder ser Miss na Bahia, onde mais ela poderia ser?

Ahh tá, entendi. Na verdade ela não poderia ser.

Vamos dar uma conferida em algumas fotos da moça e ver quem tem razão?

Parabéns Juliana Oliveira!!

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Redação TNM
Load More In Notícia

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

AFROPUNK MAIOR FESTIVAL DE CULTURA NEGRA DO MUNDO ACONTECERÁ NO BRASIL

foto reprodução Instagram A informação que parecia ser ...

Facebook

Newsletter