fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeNotíciaKerry James Marshall sobre filme 'Corra!': "Obra excepcional"

Kerry James Marshall sobre filme ‘Corra!’: “Obra excepcional”

Artista falou, a convite do jornal ‘New York Times’, sobre o filme

Rennieblog hero kjm garden party photocredit rennie museum
Kerry James Marshall. (Foto: Divulgação)

O jornal norte-americano New York Times pediu a 35 grandes criadores afro-americanos de diferentes mundos (cinema, arte, TV, música, livros e muito mais) que falassem sobre o trabalho que mais os inspirou nas últimas duas décadas. O artista Kerry James Marshall falou sobre o filme ‘Corra!’ (2017), do diretor Jordan Peele. Confira a análise completa:

“Essa foi uma obra excepcional. Fez tudo que eu achava que um filme deveria fazer porque parecia cinema de verdade. Não era um filme; era cinema. Quando você o ouve falar sobre o filme, você percebe que ele é um estudante de cinema.

Ter uma boa ideia não indica que ela seja bem realizada, então as pessoas tendem a recuar sob a indagação de essa coisa ter ou não valido a pena, muito menos do que na ideia de ter sido bem sucedida. E eu achei esse filme particularmente bem sucedido porque foi movido por excelente composição e cinematografia.

Agora, já não senti tanto por “Us”; achei que havia muitas fragilidades ali. Mas você nota que trata-se de alguém que sabe exatamente o que precisa ser feito. E, em “Corra!”, ele soube exatamente o que precisava ser feito.
Com frequẽncia, você vê um trailer de um filme e pensa “Ah, eu não preciso ver isso. Porque estou vendo onde vai dar e não preciso gastar meu tempo.” Mas havia algo sobre as imagens projetadas nos trailers de “Corra!” que importavam.

E é claro que Daniel Kaluuya não tem uma participação pequena nisso. Ele é uma presença potente na tela. Era um filme de muita expectativa. Você não tinha como saber exatamente onde ia dar. Mas, a cada momento que o filme ia por outro caminho, fazia perfeito sentido com o contexto do filme, na narrativa que ele contava. E nunca era transmitido tão à frente a ponto de você conseguir prever o final antes que ele chegasse. “

Para ler todas as análises dos 35 artistas entrevistados pelo jornal clique aqui.

Coloborou com a reportagem – Thais Sena

Compartilhe

- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES