Celebridades

Kanye West se refere à escravidão como “escolha” e gera polêmica

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Polêmico, Kanye Omari West se tornou assunto ao se manifestar contra Taylor Swift, ao se indispor com Barack Obama e ao apoiar Donald Trump. Dessa vez, o rapper norte-americano, que mais uma vez elogiou o atual presidente dos Estados Unidos por fazer o “impossível”, declarou ainda que a escravidão foi como uma escolha em entrevista ao site de celebridades TMZ.

O artista reproduziu em sua própria rede social alguns trechos da conversa, inclusive quando diz “Quando você ouve sobre escravidão durante 400 anos. 400 anos? Isso parece uma escolha”. Depois da polêmica, Kanye se defendeu nas redes sociais, explicando que sabe que os negros escravizados não foram acorrentados por livre arbítrio, mas que estar nessa posição por tanto tempo significava estar mentalmente escravizado.

A declaração do rapper teve tanta repercussão que, segundo o Daily Mail, há uma petição para que a Adidas abandone a marca Yeezy, de Kanye West. A solicitação diz: “enquanto Kanye pode viver em segurança em seu castelo multimilionário, o resto da América negra é continuamente marginalizado e sujeito a leis e tratamentos injustos”, lembrando ainda que alguns inclusive morrem devido a esse comportamento. Por fim, declara que o artista tem direito à liberdade de expressão mas não pode dizer mentiras ou dar opiniões equivocadas.

 

 

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Celebridades

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

“Ainda somos a exceção nos elencos de clipes, novelas e filmes”, diz Iza

Foto: Divulgação Facebook O ano de 2019 foi ...

Facebook

Newsletter