fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeNotíciaJonathan Azevedo participará da microficção 'Amor de Quarentena'

Jonathan Azevedo participará da microficção ‘Amor de Quarentena’

O ator faz parte do elenco da microficção que vai estrear via Whatsapp no dia 14 de setembro

Tudo foi afetado pela pandemia: a rotina, o lazer, as relações, a noção de vida e principalmente a de morte. Nesse momento tão sombrio, a arte continua exercendo o seu papel, sendo uma companhia, um consolo e uma forma de canalizar tudo que está acontecendo. Mas, ao mesmo tempo, foi o setor mais afetado pois teatros e cinemas seguem fechados e, por isso, muitos produtores e artistas estão se reinventando por meio da tecnologia, dando um jeito para continuar com o sustento e trazendo entretenimento. Assim surgiu a ideia de criar “Amor de Quarentena”.

Rihanna sofre acidente de moto

Um elenco de peso, com nomes como: Jonathan Azevedo, Reynaldo Gianecchini, Mariana Ximenes e Débora Nascimento, a microficção estreia via WhatsApp no dia 14 de setembro e retrata as relações interrompidas, os laços de amores do passado e as dificuldades que o distanciamento social trouxe para o convívio humano. Escrita pelo cineasta argentino Santiago Loza e dirigida por Daniel Gaggini, a produção usa o aplicativo para enviar para o público mensagens de voz e de texto, além de áudios, vídeos, canções e fotos, que construirão o enredo ao longo de 13 dias.

Ao comprar o ingresso (R$ 40 + R$ 4 de taxas), o espectador escolhe um dos atores do elenco –  que fará o papel de uma pessoa do seu passado que voltou a entrar em contato em tempo de isolamento. “A ideia foi criar um vínculo do passado a partir das experiências pessoais dos atores, usando suas próprias casas como locações e os diversos sons e ruídos que o cotidiano produz. Isto provoca uma sensação de intimidade”, diz Gaggini.

“Gosto da ideia do amor que volta em um momento em que há tantas más notícias circulando e o futuro se torna tão frágil. Nos faz lembrar de que somos finitos, que não existe eternidade e que sentimos a necessidade de nos aferrar ao amor. Assim, a cada dia, uma nova mensagem nos espera, nos distrai, nos renova a ilusão”, observa o autor Santiago Loza.

Nenhum dos atores receberá cachê pelo projeto e o dinheiro dos ingressos irá para o Fundo Marlene Colé de apoio a artistas e técnicos que estão sem trabalho por conta da pandemia. “Amor de Quarentena” já estreou na Argentina, Espanha, Uruguai, Chile, Equador e Paraguai e, em breve, chegará à Alemanha, Austrália, México, Peru, Colômbia, Holanda, França e Portugal.

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES