fbpx
19.5 C
São Paulo
sábado, 02 julho 2022
HomeBelezaInspirados por Joyce Ribeiro e Thelma Assis saiba o que é fato...

Inspirados por Joyce Ribeiro e Thelma Assis saiba o que é fato e o que é fake na hora de assumir o crespo

Motivados por duas belas mulheres que nos inspiraram na última quinzena de abril por terem seus méritos profissionais reconhecidos, que TNM lista verdades e mentiras para facilitar a decisão em assumir o crespo.

Joyce Ribeiro apresentadora da TV Cultura passou pelo processo de transição para assumir na estreia do Jornal da Tarde o cabelo natural após fazer uso do alisamento por mais de vinte anos: “… queria voltar ao crespo faz tempo e voltei…”, explica a bela após a transformação.

Joyce Ribeiro com a textura do cabelo crespo
Joyce Ribeiro com a textura do cabelo alisado

Médica anestesista e vencedora da vigésima edição do Big Brother Brasil a Dra. Thelma Assis passou pelo processo de transição quando já exercia a profissão.

A transformação de Thelma Assis

FATO ou FAKE

Pra assumir o crespo natural precisa ter um certo “tipo de ondulação” ou terá que fazer uso de relaxamento dos fios

FAKE: cada pessoa tem uma textura específica de cabelo e aderir ao natural não é necessariamente ser cacheada, ondulada ou que o cabelo tenha que ter qualquer tipo de definição específica. Algumas famosas na jornada ao crespo, após transição, optaram pelo relaxamento dos fios pra adquirir uma textura cacheada. A única verdade em relaxar os fios pós transição é trocar a química de se obter a textura do liso por outra química para se obter a textura cacheada. Se for esse o objetivo, ok! Relaxe! mas não confunda o procedimento ser obrigatório para fazer uso do crespo.

Viola Davis

O ambiente corporativo não aceita o uso do crespo natural

FATO e FAKE: depende da empresa que quer fazer parte, muitas empresas conservadoras tem preconceito com mulheres que usam o crespo natural e as excluem já no processo seletivo. Fato que não será exposto a candidata que ficará na dúvida quanto a desclassificação. A boa notícia é que existem várias empresas com visão moderna e menos preconceituosa principalmente as antenadas ao movimento de empoderamento da mulher negra e o critério de contração será de acordo com a sua qualificação e não pela textura de seus fios. Porém, se por alguma razão ou necessidade desejar trabalhar em empresa conservadora, jamais abra mão de ser crespa pra ser aceita, pelo contrário, contorne o preconceito ao menos na entrevista fazendo uso de penteado, coque ou tranças de raiz.  Porém leve em consideração que uma empresa que valoriza e perpetua visão tão preconceituosa poderá prejudica-la em seu crescimento profissional mesmo que a manobra no momento da entrevista resulte em sua contratação.

Você precisa ser belíssima ou ter um formato de rosto certo para fazer o “big chop” – cortar o cabelo bem curto pra retirar todo o alisado

FAKE: embora seja compreensível que fiquemos inseguras em usar cabelos curtos, é um equívoco achar que cabelos curtos funcionem apenas para um formato de rosto específico. Há mulheres com vários formatos de rostos que fazem cortes bem curtos que lhes favorecem lindamente. Cortar cabelo curto está diretamente ligado a confiança e autoestima!

Assumindo o natural não terá opções para variações de penteado

FAKE: o crespo lhe dará inúmeras opções de penteados, mais do que com a textura alterada por química. As possibilidades são infinitas se o cabelo estiver no corte correto.

Você deve usar produtos caros para manter o crespo hidratado e com aparência saudável

FAKE: você NÃO precisa usar produto caro para hidratar o seu crespo natural. Encontrar produtos para o seu cabelo é semelhante a encontrar produtos para a sua pele, sempre haverá opções baratas, além das misturinhas feitas em casa com produtos naturais que hidratam profundamente. Certifique-se de encontrar o que funciona para você, e seus cabelos permanecerão hidratados e saudáveis.

O cabelo crespo cresce menos que o cabelo liso

FAKE: o cabelo natural não cresce mais rápido e nem mais devagar que o cabelo alisado. A taxa de crescimento do cabelo não depende da textura dos fios, o que ocorre é que no cabelo alisado o crescimento fica mais evidente pois o fio cresce pra baixo, no cabelo natural crespo, por enrolar em seu próprio eixo, é menos perceptível o crescimento. A verdade é que o cabelo natural é mais propenso a quebrar, porque as espirais ao longo do eixo do cabelo criam pontos fracos e quebram com mais facilidade. 

O cabelo natural é mais fácil de cuidar

FAKE: o cabelo natural leva tanto tempo para se manter no volumão poderoso – se não mais – que manter o liso escovado. Meninas com cabelo crespo natural lavam, hidratam e vão ao salão pra manter o corte com quase a mesma frequência que as mulheres alisadas. Se a única razão pra assumir o crespo natural for economizar tempo, repense… pois a economia de tempo não é o fator relevante para esta decisão.

Cabelo natural quebra menos com o uso de tinturas químicas

FAKE: Cor química coloca quase a mesma quantidade de estresse no cabelo natural que o relaxado ou alisado. A cor permanente quebra as camadas de cutícula do fio e dissolve a proteínas das fibras capilares. Tratamentos químicos de qualquer tipo sempre deixam os cabelos porosos e mais fracos do que eram antes do processamento. Não há problema em colorir seus cachos naturais, mas esteja preparado para esforço extra em manter seu cabelo saudável e evitar danos.

Sheron Menezes

Você pode ter cabelo crespo natural e fazer uso do liso

FATO: assumindo o crespo natural é possível variar o uso com o cabelo liso, desde que não faça uso de produtos químicos e somente utilize o calor para o alisamento.  Porém, ao adotar a textura natural crespa e constantemente fazer uso do calor para torna-lo liso, pode resultar em danos permanentes pelo calor e você notará que alguns pedaços do seu cabelo não irão enrolar da mesma forma que se mantidos crespo. Além disso, usar o cabelo liso frequentemente estando crespa não dá a chance de experimentar as diversas formas de fazer uso e conhecer o cabelo com a textura natural.

Cabelo natural requer produtos de pré e pós lavagem, hidratação constante e muitas outras práticas de texturização pra manter o volume

FATO e FAKE: é fato que pra manter o cabelo crespo natural com brilho e volume é necessário uma rotina de hidratação, corte e produtos de pré e pós lavagem. Por outro lado, não há necessidade de prática de texturização para se obter volume desde que seu cabelo esteja no corte correto e saudável pois o efeito volumão tem mais a ver com o tipo de corte do cabelo (em camadas, por exemplo) do que com o efeito obtido por texturização.

Erika Januza

Compartilhe

Carol Lee Dutra
Carol Lee Dutrahttps://todosnegrosdomundo.com.br
Graduada em Gestão e Design de Moda pela Universidade Euro-Americana de Brasília atuo como Colunista de Moda na plataforma TNM e atual presidente da ONG IMNEGRA de auxílio e capacitação de mulheres em situação de vulnerabilidade.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES