fbpx
19.5 C
São Paulo
domingo, 22 maio 2022
HomeNotíciaIdris Elba apresentou "Africa Day Benefit Concert" com algumas das maiores estrelas...

Idris Elba apresentou “Africa Day Benefit Concert” com algumas das maiores estrelas do continente

Idris Elba apresentou o show que conta com algumas das maiores estrelas da África na música.

  • Da Nigéria, Burna Boy foi nomeado ao Grammy para o melhor álbum de música global
  • Angelique Kidjo é uma cantora, compositora e ativista do Benin. É uma das performers mais respeitadas do continente africano e já ganhou três Grammys em sua grande carreira.
  • Diamond Platnumz é um artista tanzaniano e músico premiado. Em 2015, ele ganhou o MTV Europe Music Award por Melhor Performance da África, Oriente Médio e Índia.
  • Yemi Alade, nascida na Nigéria, ganhou fama depois de um show de talentos em 2009 e é mais conhecida por seu hit “Johnny”, que virou um hino internacional.
  • Tiwa Savage ganhou o prêmio de Melhor Performance do MTV Europe Awards de 2018, se tornando a primeira mulher a ganhar a categoria.
  • O premiado artista nigeriano Wizkid tem participações com diversos internacionais incluindo Drake, Wale, Skepta e Beyoncé.
  • O premiado cantor nigeriano Mr. Eazl é pioneiro na música Banku, uma fusão musical entre o estilo highlife ganense e as progressões e padrões dos acordes nigerianos
  • Sho Madjozi, uma cantora sul-africana, ganhou o prêmio Nova Performance Internacional do BET. Em seu discurso, ela disse “Minha história é prova de que você pode vir de qualquer vila, em qualquer parte esquecida do mundo, e ainda assim ser uma estrela.”
  • A cantora, compositora e poeta sul-africana Busiswa Gqulu ganhou fama depois de sua participação na música “My Name Is”, com a popular DJ também sul-africana Zinhle.
  • Mwila Musonda, também conhecido como Slapdee, é um rapper zambiano que usa sua gravadora para arrecadar doações para orfanatos locais e hospitais infantis.

Algumas das maiores estrelas africanas estiveram no line-up de um show online de 2 horas de duração nessa segunda para celebrar o Dia da África.

Idris Elba, ator e músico, apresentou o show chamado “Africa Day Benefit Concert at Home” [Show Beneficiente do Dia da África em Casa, em tradução livre], através de uma parceria com o canal MTV Base Africa e o YouTube.

Idris Elba, que foi diagnosticado com COVID-19 em abril diz que o show visa arrecadar fundos para aqueles que foram afetados pelo Covid-19.

Todas as arrecadações irão para o World Food Program e para a UNICEF, que estão apoiando comunidades afetadas pelo coronavírus por todo o continente, de acordo com a declaração do YouTube e da ViacomCBS Network Africa (criadores da MTV).

O continente africano tem mais de 95 mil casos do vírus e 2,995 mortes em decorrência da doença (reportadas até 21 de maio). 

O show contou com apresentações de diversos artistas como Angelique Kidjo, do Benin, Sauti Sol, do Quênia, Sho Madjozi, da África do Sul, e Burna Boy, da Nigéria.

O comediante sul-africano, Trevor Noah e Zozibini Tunzi, atual Miss Universo, e o rapper Sean Paul também foram apresentadores convidados para o line-up, de acordo com os organizadores.

O Dia da África é uma comemoração dos sucessos da Organization of African Unity [Organização da Unidade Africana] desde sua criação, em 25 de maio de 1963, na luta contra o colonialismo.

Idris Elba critica ‘teorias estúpidas’ sobre negros e coronavírus

Diferentes países no continente, assim como outros países no mundo, celebram a data.

Combatendo o vírus com música

A música tem sido uma ferramenta na lua contra o coronavírus.

Desde que atingiu o continente, estrelas da música criaram músicas e coreografias para educar o público sobre os perigos da doença.

A vencedora do Grammy Angelique Kidjo, que também se apresentará no show beneficente, lançou uma música em maio para espalhar a consciência global dos perigos do Covid-19.

A música “Pata Pata”, uma nova versão da música de 1967 de Miriam Makeba, foi gravada por Kidjo clamando para que as pessoas mantivessem suas mãos limpas, ficassem em casa e evitassem tocar umas às outras como formas de minimizar a proliferação do vírus.

Bob Wine, político e pop star ugandense fez algo semelhante, lançando uma música em março reforçando a importância da higiene pessoal na luta contra a doença.

Alex Okosi, diretor responsável pelos mercados emergentes na Europa, no Oriente Médio, e na África do YouTube diz que o show quer usar a música africana para conectar o mundo.

“O YouTube tem orgulho em ser uma plataforma para o incrível talento que em celebrar o Dia da África  ter um papel em ajudar a arrecadar fundos para aqueles afetados pelo Covid-19 no continente”, ele disse em uma declaração.

O show foi exibido no canal do YouTube da MTV Base Africa e pode ser conferido AQUI.

Via: CNN

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES