Hoje é

Hoje é: Dia Internacional Nelson Mandela

Rolihlahla, Madiba, Tata, Khulu, Nelson, Mandela. Filho de chefe da tribo Thembu, do povo Xhosa, Nelson Mandela lutou contra o Apartheid, regime de segregação racial imposto pelo Partido Nacional, de homens brancos de ascendência germânica.

Foram anos de brado forte: fez parte do Congresso Nacional Africano, banido pelo governo. Depois do massacre que matou 70 negros, fundou o Umkhonto we Sizwe (Lança da Nação). Muitos dos anos, no entanto, passou avistando apenas as grades que o cercavam. De prisão em prisão, Madiba era acusado de traição. No fundo era homem pacífico. Só reagia ao sistema que excluía seus irmãos pretos.

Após muitas prisões temporárias, Nelson Mandela foi julgado e condenado. Prisão perpétua sob acusação de sabotagem e conspiração para apoio durante possível invasão da África do Sul. Se assumiu culpado para uma das acusações. Sabotar esse sistema era a cura para os negros. Tata era corajoso. Sobre a outra imputação, tinha apenas saído do país em busca de apoio financeiro.

Foram quase 30 anos cercado de injustiça. Em 1990, o sonho da liberdade se fez real: Nelson Mandela foi liberto. Leis racistas foram revogadas. A maioria branca ainda queria supremacia, mas Madiba foi eleito presidente da África do Sul. Recebeu o Nobel da Paz. Em 2013, descansou. No entanto, nem mesmo a morte foi capaz de calar a luta pela democracia racial de Tata.

Na verdade, foi o seu nascimento o que importou. Nelson Mandela jamais morrerá na nossa história. Em 2009, o Dia de Mandela foi instituído pela ONU em homenagem ao maior líder negro que o mundo conheceu. Dia 18 de julho, em referência ao dia em que Madiba chegou ao mundo, é Mandela Day. E hoje, 18 de julho de 2017, é centenário dessa voz que jamais deixará de ecoar.

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Hoje é

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Hoje é: 1 ano sem Marielle Franco e Anderson Gomes

Era noite. As estrelas deviam velar o caminho ...

Facebook

Newsletter