fbpx
19.5 C
São Paulo
terça-feira, 18 janeiro 2022
HomeCelebridadesHalle Berry muda seu posicionamento e recusa papel trans

Halle Berry muda seu posicionamento e recusa papel trans

Na última sexta-feira, a atriz Halle Berry esteve em uma live com a hairstylist Christin Brown. As duas conversaram sobre diferentes temas, como Bruised, a estreia de Halle Berry como diretora cinematográfica e a importância do apoio entre mulheres negras.

LEIA TAMBÉM: City Girls lançam clipe de parceria com Doja Cat

Em um certo momento da interação, Berry comenta sobre a possibilidade de participar de um filme no papel de um homem trans. Ela diz: “É um personagem em que a mulher é um personagem trans, então é uma mulher que fez a transição para homem” e acrescenta que “é um papel que eu amo ter a possibilidade de fazer”.

A audiência não ficou feliz com seu posicionamento. Alguns dos comentários mais notados da transmissão, que está salva no IGTV de Brown, diziam “amo Halle, mas ela vai ter uma baita repercussão negativa se interpretar um homem trans, principalmente pela falta de papeis para atores trans”; “se você quer interpretar um homem trans, Halle, precisa começar seu estudo de personagem entendendo que HOMENS TRANS NÃO SÃO E NUNCA FORAM MULHERES. A história de um homem trans não é a história de uma mulher e um homem trans não é uma mulher para que você seja capaz de canalizar sua feminilidade nele.

Outros comentários pareciam estar ainda mais indignados com as declarações da atriz. Um deles dizia: “Nós não somos ‘interessantes’, somos apenas pessoas. E NÃO precisamos que você conte nossa história ou fale por nós, NÓS precisamos fazer isso. Essas são as NOSSAS história e não precisamos que você as tire de nós e se beneficie e lucre com isso. Se você quer “””estudar””” uma pessoa trans, converse com uma, não finja ser uma e pense que isso está te dando alguma educação. Pessoas trans já tem bastante dificuldade em encontrar verdadeiras representações, não tire isso de nós e finja que está nos fazendo um favor. E permita-me reiterar: homens trans são HOMENS, não MULHERES. É A HISTÓRIA DE UM HOMEM!”

Após a repercussão, Berry fez um tweet se desculpando por sua declaração anterior:

“No final de semana, tive a oportunidade de discutir sobre considerar um próximo papel como um homem trans e gostaria de me desculpar por estes comentários. Enquanto uma mulher cisgênero, agora entendo que nunca deveria ter considerado este papel e que a comunidade transgênero deveria inquestionavelmente ter a oportunidade de contar suas próprias histórias.

Sou grata pela orientação e conversa crítica dos últimos dias e vou continuar a ouvir, me educar e aprender com meu erro. Quero ser uma aliada e usar minha voz para promover melhores representações na tela, na frente e atrás das câmeras.”

Após esta declaração, outros comentários no Twitter também sugeriam que a atriz deveria se desculpar por se referir ao personagem trans no feminino.

Via: Twitter

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES