fbpx
19.5 C
São Paulo
domingo, 05 dezembro 2021
HomeArteGrupo Rosas Periféricas comemora 10 anos

Grupo Rosas Periféricas comemora 10 anos

Rosas Faz 10 Anos é um conjunto de atrações online e gratuitas para celebrar a data

Grupo Rosas Periféricas comemora 10 anos
Sarau das Pretas – Foto de Larissa Rocha

O Grupo Rosas Periféricas, do Parque São Rafael, Zona Leste de São Paulo, segue com o projeto Rosas Faz 10 Anos – Memórias de Um Teatro Maloqueiro. A iniciativa começou em março de 2021 e está prevista para durar mais de dois anos. Todas as atividades têm acesso grátis e exibição online. As transmissões são pelo Facebook e YouTube.

Primeiramente, neste mês de setembro, acontecem dois espetáculos com coletivos convidados: Essa Gente que Menstrua, com a Coletiva FemiSistahs, de 02 a 11/09 (quinta e sábado, às 20h). Além do Jardim Vertical com o Grupo Pandora de Teatro, de 16 a 25/09 (quinta e sábado, às 20h).

Mas não para por aí! A programação do mês traz ainda duas edições do Sarau da Antiga 28 Pergunta, que recebe o Sarau das Pretas (11/9) e Sarau Comungar(25/9), sábados, às 17h.

Nos próximos meses, ocorrem temporadas do segundo ciclo de produções do Grupo Rosas Periféricas. Nesse período, serão apresentados os seguintes espetáculos: Narrativas Submersas, Lembranças do Quase Agora, Labirinto Selvático e Ladeira das Crianças – TeatroFunk.

Além disso, as oficinas artísticas – para crianças, jovens e adultos (com inscrições abertas em setembro) – são: Construção de Rima, Oficina de Passinho e História do Funk, ministradas por Renata Prado, Fanieh e Pablinho IDD, respectivamente.

O Sarau da Antiga 28 recebe: Sarau do Vale, Sarau da Brasa e Sarau Okupação Coragem. A Roda de Conversa que fecha esse ciclo do projeto discute O Corpo da Atriz e do Ator, conduzida por Fernanda Haucke.

Rede NAMI participa da ArtRio

PROGRAMAÇÃO Grupo Rosas Periféricas – 2ª ETAPA | SETEMBRO DE 2021

Essa Gente que Menstrua

Essa Gente que Menstrua (Feministhas) é parte da comemoração de 10 anos do Grupo Rosas Periféricas – Foto de Miuara Rodrigues

Com Coletiva FemiSistahs, o espetáculo vai ao ar nos dias 02, 04, 09 e 11 de setembro, de quinta e sábado, às 20h.

Nessa peça, são aparentadas quatro cavaleiras do feminismo. Elas cravam as trincheiras da luta contra o patriarcado diante dos olhos do espectador. Essa Gente que Menstrua, com dramaturgia e interpretação de mulheres periféricas, é a primeira peça teatral da Coletiva FemiSistahs. Logo após a estreia em dezembro, na Casa de Cultura Raul Seixas, a montagem circulou por espaços de coletivos independentes.

FICHA TÉCNICA

Concepção e criação: Coletiva FemiSistahs. 

Elenco: Bianca Tocacceli, Gabis Maurelli, Sabrina Lopes e Thais Pantaleão.

Sonoplastia: Isabella Rocha. Iluminação: Mariana Mata.

Produção executiva: Mariana Mata.

Classificação etária: 18 anos.

Duração: 60 minutos.

Jardim Vertical

Jardim Vertical (Grupo Pandorta) é parte da comemoração de 10 anos do Grupo Rosas Periféricas – Foto de Levy Vitorino

É realizada pelo Grupo Pandora de Teatro, nos dias 16, 18, 23 e 25 de setembro, também de quinta e sábado, às 20h.

A peça é uma fábula sobre compensação e artificialidade e mostra as relações de uma família isolada no quadragésimo sétimo andar de um edifício. Nesse ambiente, é preciso abrir espaço para seus sonhos no cotidiano.

O Grupo Pandora de Teatro é formado por Caroline Alves, Filipe Pereira, Lucas Vitorino, Rodolfo Vetore, Thalita Duarte e Wellington Candido. Além disso, está comemorando 17 anos de pesquisa e cinco de ocupação do Cine Teatro Pandora. A Ocupação Artística Canhoba é um espaço público que foi transformado em polo cultural aberto ao público. Assim traz o meio artístico para dentro do bairro.

FICHA TÉCNICA

Criação: Grupo Pandora de Teatro. Texto e direção: Lucas Vitorino.

Elenco: Caroline Alves, Filipe Pereira, Rodolfo Vetore e Wellington Candido.

Iluminação: Elves Ferreira.

Sonoplastia: Rodolfo Vetore.

Cenografia: Thalita Duarte. Cenotecnia: Marina Lima, Morsantap Revest e SN7 Cenografia.

Figurino: Thais Kaori.

Customização de figurino: Anna Belinello, Marina Veneta e Cristian Montini.

Operação de vídeo: Lucas Vitorino.

Preparação corporal: Rodolfo Vetore.

Preparação vocal: Caroline Alves.

Produção: Thalita Duarte.

Design gráfico: Levy Vitorino.

Colaboração: Filipe Dias, Diego Meshi e Cristian Montini.

Créditos da filmagem / imagem e edição: Tally Campos.

Gravação e mixagem de áudio: Clevinho Souza.

Produção filmagem: Camila Cardoso.

Duração: 80 minutos, com classificação indicativa livre.

SARAUS

O Sarau da Antiga 28 Pergunta promove encontros virtuais ao vivo. O objetivo é entender a dinâmica de cada um, reservando momentos para literatura marginal com poesias e lançamento de livro. Entretanto, o Rosas Periféricas criou o Sarau da Antiga 28, em 2016, propondo discussões e reflexões sobre política, mulheres, cor da pele e América Latina.

Primeiramente, o nome vem do endereço de sua primeira sede, na Rua Martin Lumbria, que era conhecida como “antiga Rua 28”, no Parque São Rafael.

Artisas reconhecidos já passaram pelo Sarou da Antiga 28, por exemplo: Marta Baião, Germano Gonçalves, Walner Danziger, Juliana Morelli. Além do Coletivo Via e das bandas ArmaMentes, Fuga Operária e ManaTiana.

No dia 11 de setembro, às 17h, recebe o Sarau das Pretas, com as participantes, Débora Garcia, Elizandra Souza, Taissol Ziggy e Jô Freitas.

Em 25 de setembro, é a vez do Sarau Comungar, também às 17h. Adalberto Santana, Anselmo Alves Jesus, Cellys Silva e Jefferson Gonçalves estarão presentes.

Ainda assim, os encontros do Sarau Comungar ocorrem uma vez por mês no espaço Favela Galeria.

Oficinas

As oficinas irão acontecer em outubro e novembro. Mas precisam de inscrição prévia, que serão abertas na segunda quinzena de setembro. Os interessados devem acompanhar as informações pelas redes sociais do Grupo Rosas Periféricas.

Antes de tudo, a primeira oficina é a de Construção de Rima, ministrada por Fanieh. De acordo com a disponibilidade, as aulas serão de 06 de outubro a 24 de novembro, nas quartas-feiras, às 19h.

A tão esperada Oficina de Passinho tem como ministrante Pablinho IDD. Então, do dia 07 de outubro a 25 de novembro, as noites de quinta-feira serão animadas. As aulas estão marcadas para às 19h.

Já a oficina História do Funk será de 08 de outubro a 26 de novembro. Sempre na sexta, às 19h. Renata Prado é a supervisora deste tema. Sobretudo, é uma aula que também aborda o contexto do Brasil, já que somos um país ligado com a música e esse gênero é originário daqui.

São vários eventos, por isso, é interessante acompanhar as redes sociais para não perder a chance de participar.

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES