fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeMúsicaShow de Doralyce e Grupo Dembaia acontece no dia 23

Show de Doralyce e Grupo Dembaia acontece no dia 23

O espetáculo proporciona uma viagem na Afro Poética

Pluralidade que invade o palco com ritmo, cores, força, conscientização, axé e que abre caminhos. É nesta terça-feira (23), às 19h, a vez do Grupo Musical Dembaia se apresentar com a participação especial da cantora e compositora Doralyce, na Ocupação Mercedes Baptista, no Sesc Copacabana, que reabriu suas portas recentemente após período de paralisação diante da pandemia de Covid-19. Unidas, o encontro promete aquecer o coração do público.

Grupo Dembaia convida cantora Doralyce para apresentação
Grupo Dembaia convida cantora Doralyce para apresentação | Foto: Faceook/ Carolina Bassani

Segundo Sabrina Chaves, idealizadora e uma das integrantes do Dembaia, além de irreverência e suingue, o show também faz denúncias. “A proposta é realizar um encontro musical afropoético suingado preto. O show traz a mistura dos ritmos do oeste africano com as musicalidades oriundas da diáspora, como o rock, a rumba cubana, o funk carioca e as linguagens do Candomblé. ‘Yèle Sira’ reúne potências femininas afrodiaspóricas, através da música, da dança e da poesia”, ressaltou.

Planejado há um bom tempo para acontecer, essa parceria de potências garante um encontro não somente musical, mas multissensorial e inovador, com aromas, cores, vibrações, vozes, ritmos e melodias, com a presença desse feminino negro em movimentos que traduzem mensagens ancestrais. “O concerto é composto por composições autorais e faz um híbrido entre diversas linguagens artísticas que juntas constroem uma atmosfera que além da musicalidade contempla a sensorialidade e a narrativa negra”, pontuou Dembaia.

Além disso, o grupo destaca que o show convida ainda o público a experienciar uma viagem afro poética, onde a poesia, o canto, a memória e o corpo entram em conexão com a polirritmia africana e afro-diaspórica. “A dança, a performance e as sonoridades polifônicas são responsáveis por completar a narração e a direção dessa jornada musical. Ervas, plantas, flores e aromas são utilizados como ferramentas tecnológicas e performáticas de cura e arte. A estética afrofuturista se destaca como elemento essencial na conexão do velho do hoje e do amanhã”, revelou.

Marcando novo momento de carreira, rapper Onã lança EP Afromanotropical

Grupo Dembaia

Formado em 2014 por quatro vozes femininas – cada qual com a sua peculiaridade – Dembaia se dedica a pesquisas práticas e teóricas, oficinas e apresentações artísticas referentes à cultura tradicional e moderna da África do Oeste. Já a pernambucana Doralyce, representante da Música Afrofuturista Brasileira (MAB), emancipacionista, ativista, cantora e compositora de mais de 300 canções, é referência na construção do legado intelectual preto, sendo interpretada por grandes artistas como Bia Ferreira, Gaby Amarantos, Luísa e os Alquimistas, Preta Rara e incontáveis rodas de samba e blocos de carnaval.

Para as integrantes do Dembaia, esse show reúne a potência artística que é a Doralyce com a irreverência e abalo musical do grupo. “Estamos precisando disso nesse momento histórico, nos reconectar e nos divertir com muita consciência. A ideia é a conexão dessas mulheres artistas pretas, suas composições, ideologias, afetos e o resultado é muita música”, afirmam.

Para adquirir os ingressos, basta se deslocar até o local, situado no Sesc Copacabana – Arena, na rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana – Rio de Janeiro. Das 9h às 16h às segundas-feiras, das 9h às 21h de terça-feira a sexta-feira, das 13h às 21h aos sábados e das 13h às 20h aos domingos. Os ingressos custam R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 7,50 (habilitado Sesc) e a faixa etária é de 12 anos.

“Atotô – Silêncio, o Rei está na Terra”, novo espetáculo da Cia Odara, chega ao Teatro Oficina

Informações

Grupo Dembaia convida Doralyce

23/11, às 19h

Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 7,50 (habilitado Sesc)

Sesc Copacabana: R. Domingos Ferreira, 160 – Copacabana – Rio de Janeiro

Faixa Etária: 12 anos

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES