fbpx
19.5 C
São Paulo
quinta-feira, 02 dezembro 2021
HomeMúsicaElza Soares narra a apresentação de Gira Geral

Elza Soares narra a apresentação de Gira Geral

Projeto social une música e diversidade e na sua estreia conta com a narração de Elza Soares.

Gira Geral teve sua estreia com a sua primeira edição em 9 de setembro no YouTube. O primeiro episódio contou com a narração da cantora Elza Soares. A escolha não podia ter sido melhor, acima de tudo, porque sua voz é inconfundível e marca um grito de luta e resistência. Mas as atrações não param por aí: o projeto traz Juliana Linhares, Dora Morelenbaum, Késia Estácio, Blackyva, Josi Araújo e Ilessi + Vovô Bebê no time.

Cada artista se apresenta semanalmente com quatro canções. Além disso, serão lançadas como EPs nos aplicativos de música. O objetivo do projeto é unir a causa social e a música. As artistas podem escolher um tema para ser apoiado nos programas. 

A ideia nasceu na pandemia. Seu intuito é principalmente ajudar os artistas e as causas sociais nesse momento. A cantora Mariana Jascalevich, a antropóloga Maria Pierro Gripp e o engenheiro de som Igor Ferreira se uniram para criar o “Gira Geral.”

É um projeto que nasce da urgência, necessidade e desejo de impactar positivamente o setor cultural e a sociedade de maneira geral, mas focando na comunicação, capacitação e distribuição de renda”, afirma Mariana.

Com uma curadoria diversa e artistas independentes, o projeto promete entreter e também trazer mais consciência. Por isso, Elza Soares foi a escolha perfeita para abrir o projeto.

Mart’nália lança música para filme “Um Casal Inseparável”

As causas sociais do “Gira Geral”

Cada artista escolheu um projeto para apoiar, afinal, o intuito é dar visibilidade a diferentes vozes. Dentre eles temos: Manguinhos Solidário, projeto que promove a segurança alimentar com distribuição de insumos básicos em Manguinhos (RJ) escolhido por Ilessi e Vovô Bebê.

Anjinho Feliz é uma instituição que presta assistência social, educacional, esportiva, cultural e de saúde para crianças e jovens em estado de vulnerabilidade social na Cidade Nova (RJ) indicada por Késia Estácio.

Já a Casa Nem, causa de Blackyva, é um espaço de acolhimento e apoio a travestis, transexuais e transgêneros na Lapa (RJ).

SOS Pantanal foi a escolha de Dora. O instituto socioambiental promove diálogos e ações para a preservação do Pantanal (MT).

A Trupe do Mangue, indicada por Josi Araujo, é um projeto artístico e social que oferece aulas de diversas linguagens artísticas na Ilha da Gigoia (RJ).

Por fim, temos o AMICO – Amigos do Coração, projeto que promove operações cardiovasculares de alta complexidade em pacientes carentes (RN), causa da potiguar Juliana Linhares. 

Programação 

Artistas do projeto Gira Geral - Divulgação
Artistas que faão parte do projeto Gira Geral – Divulgação

Ao todo, são seis apresentações. Confira as atrações para prestigiar a todes:

9/9: Juliana Linhares 

16/9: Késia Estácio 

23/9: Josi Araújo 

30/9: Blackyva

7/10: Ilessi + Vovô bebê

14/10: Dora Morelenbaum

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES