fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeTelevisãoFernando Rubro é protagonista na nova temporada de 3%

Fernando Rubro é protagonista na nova temporada de 3%

Após estrear em “3%”, jovem ator ganha status de protagonista na nova temporada da série da Netflix enquanto aguarda lançamento do seu primeiro filme

Não faltam motivos para Fernando Rubro comemorar. O jovem ator de 24 anos é o atual protagonista de 3%, série da Netflix que chega à quarta e última temporada dia 14 de agosto e por meio da qual realizou uma dupla estreia profissional: no audiovisual e no streaming. E não vai demorar muito para ser visto em sua próxima conquista – ainda este ano, será lançado A sogra perfeita, longa-metragem dirigido por Cris D’ Amato.

Thelma Assis é uma das especialistas convidadas pelas Fábricas de Cultura

“Sempre imaginei como seria fazer parte de uma produção audiovisual e de repente veio a série, que eu já acompanhava, e toda essa magnitude que ela tem. Demorou um tempo pra cair a ficha”, revela o intérprete de Xavier Toledo, que ficou surpreso com o crescimento do personagem. “Eu sabia que era possível ir para a temporada final, mas quando soube que ele se tornou um dos protagonistas foi uma sensação de trabalho bem feito, sabe? Fiquei feliz demais por esse reconhecimento do meu trabalho e da minha vontade de querer fazer”, celebra.

Natural de Piracicaba (SP), onde deu início à vida artística, Fernando se formou como publicitário e ator e fará sua estreia nas telonas como Paulo Ricardo, um dos filhos da protagonista Neide, interpretada por Cacau Protásio. “Ele é um advogado bem sucedido que mora em Campinas e é casado com um homem. Ele surge na metade do filme para acompanhar o noivado do irmão”, antecipa ele sobre A sogra perfeita.

“Estudei teatro na Escola Livre de Teatro de Santo André e música na Escola de Música Maestro Ernest Mahle e, antes de vir para São Paulo, eu integrava um trio de MPB que se apresentava em barzinhos e restaurantes de Piracicaba. Em 2018, ganhei uma bolsa para estudar na 4act Performing Arts – Escola de Teatro Musical e pude conhecer melhor este universo. Mas a prática, mesmo, foi quando fiz minha primeira grande produção, o musical Castelo Rá-Tim-Bum – e olha, não é moleza”, diverte-se.

Fernando sente na pele que, para ser inserido no mercado, o artista negro precisa se desenvolver e estudar ainda mais. “Luto para ser um artista plural e hoje, com muito orgulho, posso dizer que canto, danço, interpreto e estudo sapateado. Continuo estudando interpretação pra câmera e canto – dança eu parei agora por conta da pandemia, mas assim que eu puder, vou voltar”, ressalta.

Para o ator, é notório o crescimento da inserção de artistas pretos em papéis de destaque. “Eu vejo avanço, mas ainda não vejo o protagonismo negro de uma forma orgânica. Muito desse movimento tem sido promovido pelo cinema e o streaming e fico muito orgulhoso por fazer parte dele. Mas ainda falta visibilidade, confiança e bons salários. Me vejo como um artista preto que alcançou um lugar de destaque através de muito trabalho e determinação. Não tiro meu mérito por estar mostrando o que posso fazer e tenho certeza que isso foi bem visto pra eu poder chegar até aqui”, finaliza.

3% é uma série brasileira de ficção científica que se passa em um mundo no qual todas as pessoas, ao completarem 20 anos, podem se inscrever para um processo seletivo que os levará para um “novo mundo”, cheio de oportunidades e promessas de uma vida melhor.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES