fbpx
19.5 C
São Paulo
domingo, 03 julho 2022
HomeNotíciaFamília Smith e o prêmio Bring For a Change

Família Smith e o prêmio Bring For a Change

Conheça alguns dos projetos da família Smith, dentro e fora das câmeras, que os levaram a receber o prêmio Bring For a Change.

Esse texto é sobre a família Smith. Mas vamos começar por dizer que existe um mito de que Will Smith é chorão. Na foto abaixo, Will está participando do programa Red Table Talk. Sua esposa, apresentadora, atriz, escritora, produtora, empresária e cantora nas horas vagas Jada Pinkett Smith, apresenta o programa. Essa imagem viralizou como o momento em que Will está chorando ao falar sobre um período em que ele e a esposa se separaram.

Acontece que Will postou um vídeo falando sobre o prêmio. Nele, ele fala sobre a premiação. Quem o concedeu foi a organização que se dedica em promover a saúde mental, a Bring For Change. Mas também fala (e Jada confirma) que ele não estava chorando. Segundo Will, como ele toma muito café, ele fica desidratado com frequência e seus olhos começam a lacrimejar. Ele diz que as pessoas pensam que ele está chorando o tempo todo e a esposa confirma “Ele não está. É uma pena.” Ah, agora sim, o prêmio.

Will Smith chorão? Parece que não… (Foto: Reprodução)

Willow Smith parou de fumar maconha durante quarentena

O prêmio Bring For a Change para a família Smith

De acordo com Zachery Williams, a família Smith foi escolhida para receber o prêmio porque, este ano, as bases para a escolha foram gentileza, união e amor atuais. Por isso, optaram por homenagear a família Smith como um todo, por suas contribuições de longa data afim de mudar o mundo.

Primeiramente, é verdade que cada membro da família tem trabalhos diversos para ajudar a fazer um mundo melhor. No entretenimento, o programa Red Table Talk, de Jada Pinkett Smith, reúne gerações e aborda temas difíceis com muita delicadeza e sensibilidade (em muitas discussões temos Jada, sua mãe e sua filha discutindo, por exemplo, a relação de Willow com maconha durante a quarentena ou o relacionamento entre Jada e Will). Mas não é só isso. Jaden Smith, por exemplo, abriu um restaurante chamado I Love You, que visava oferecer refeições veganas gratuitas para pessoas em situação de rua.

A instituição menciona que escolheu a família por eles tratarem de temas sensíveis como família, carreira e saúde mental de um mundo que espera que seus cidadãos mais notáveis (como é inegavelmente o caso da família Smith) permaneçam em silêncio. Zach também menciona que a família tem projetos para apoiar a juventude que reside na periferia, levar ajuda à comunidades no continente africano e água para as populações mais vulneráveis.

A organização Bring For a Change

Zachery Williams, membro do conselho da instituição Bring For a Change, conta que seu desejo em se tornar um defensor de saúde mental vem da luta de seu pai, o ator e comediante Robbie Williams, que cometeu suicídio em agosto de 2014. Segundo ele, teve que enfrentar momentos difíceis mas concluiu que a melhor forma de se curar era se dedicando à causas ligadas à algumas de suas próprias questões. O objetivo da organização é quebrar estigmas relacionados à saúde mental. Todos os anos, Zach e seus irmãos escolhem uma celebridade para o prêmio de “Legado do Riso”, que honram o legado de seu pai e trazem diversão no entretenimento.

Compartilhe

Thais Sena
Thais Senahttps://todosnegrosdomundo.com.br
Sou professora de inglês, formada em Comércio Exterior, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo e parte do grupo de Pesquisa Laroyê - Culturas Infantis e Pedagogias Descolonizadoras. Já atuei como professora voluntária e em projetos populares, fez formação em parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Conselho Britânico e há 6 anos atua também na Ebony English, que ensina inglês com cultura negra.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES