19.5 C
São Paulo
terça-feira, 31 março 2020
Home Agenda “Esperança na Revolta” aborda violência contra juventude preta e periférica

“Esperança na Revolta” aborda violência contra juventude preta e periférica

Na semana da Consciência Negra, o espetáculo “Esperança na Revolta” tem as últimas apresentações da primeira temporada no Sesc Tijuca. A obra, que aborda a violência contra a juventude preta e periférica, tem apresentações na sexta (16), sábado (17) e domingo (18), às 19 horas. A segunda temporada de apresentações acontece do dia 23 de novembro a 10 de dezembro, às sextas e sábados, 20 horas e domingos às 19, no Terreiro Contemporâneo.

Entre Liberdade, Amor e Sobrevivência, as sete histórias da obra são interpretadas pelos atores Alex Nanin, Cláudia Barbot, Cátia Costa, Tarso Gentil, Daniel Vargas, Lívia Prado, Nádia Bittencourt, Beà, Reinaldo Junior, transitando por diferentes violências e guerras.

Para André Lemos, o autor e diretor, “o estado de guerra, independente do lugar ou da cultura sempre se encontra vivo, principalmente em nós, negros e favelados. Em alguns momentos e lugares mais críticos, em outros apenas em destroços ou lembranças. Uma identidade humana sem fronteiras.”

SERVIÇO:

Sesc Tijuca – Teatro II

Classificação Indicativa: 14 anos

Gênero: Drama

Duração: 90 min

Ingressos: R$ 30,00 (Inteira) – R$ 15,00 (meia) – R$ 7,50 (Associados Sesc)

FICHA TÉCNICA

CONCEPÇÃO E DRAMATURGIA: Confraria do Impossível

SUPERVISÃO GERAL: Hilton Cobra

SUPERVISÃO CÊNICA: Vilma Melo

SUPERVISÃO DRAMATÚRGICA: Rodrigo França

TEXTO E DIREÇÃO: André Lemos

ELENCO: Alex Nanin, Beà, Cátia Costa, Cláudia Barbot, Daniel Vargas, Lívia Prado, Nádia Bittencourt. Reinaldo Junior e Tarso Gentil

DIREÇÃO DE MOVIMENTO e PREPARAÇÃO CORPORAL: Cátia Costa e Reinaldo Júnior

DIREÇÃO MUSICAL:  Béa e André Lemos

AUDIOVISUAL: Rizza Habitá

ASSISTENTES DE DIREÇÃO: Camila Barra e Médrick Varieux

PROJETO DE LUZ: Rommel Equer

MÚSICAS: AnarcoFunk e Confraria do Impossível

ARRANJOS E PESQUISA MUSICAL: Béa

STAND-INs: Tati Vilela e Wayne Marinho

CENÁRIO: Tarso Gentil

FIGURINOS: Confraria do Impossível e Caju Bezerra

ACESSÓRIOS: Rubens Barbot

ORIENTAÇÃO TEÓRICA: Simone Kalil

DESIGN GRÁFICO: Maria Júlia Ferreira

OPERADOR DE LUZ: Beto Correa

OPERADOR DE SOM E AUDIOVISUAL: Rizza Habitá

PRODUÇÃO EXECUTIVA: Tati Vilella

SUPERVISÃO DE PRODUÇÃO: Paulo Mattos

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Confraria do Impossível

REALIZAÇÃO: Confraria do impossível e Terreiro Contemporâneo

COLABORAÇÃO ARTÍSTICA: Camila Barra, Ana Barbara Vila Nova, Lu Lopes, Thiago Vianna, João Nazaré, Robson Freire, Marlúcia Fernandes, Diego de Abreu, Patrícia Ubeda, Marcos Marján, Amanda Palma, Marcela Gobatti e Graciana Valadares.

Amanda Sthephaniehttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Preta. Pobre. Poeta. Periférica. Prounista. Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e estuda o último ano de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

MAIS LIDAS

Ex-diretor da Band faz comentários racistas sobre Thelma e Maju Coutinho

Em uma live da DJ Jude Paulla, Rodrigo Branco afirmou que todo mundo está votando em Thelma porque ela é uma 'negra...

Morre atleta paraolímpica Eliane Corrêa com suspeita de coronavírus

Após sentir falta de ar, Eliane foi levada a um hospital, mas não resistiu e veio a óbito.

Curada do coronavírus, Preta Gil comemora com a família

"Finalmente poderemos ficar assim, grudadinhos em casa outra vez", escreveu Preta na legenda de uma foto ao lado de seu esposo,...

Taís Araújo convence os pais divorciados a morarem juntos durante quarentena

Taís pediu a mãe que deixasse seu pai morar com ela novamente durante o período de isolamento

COMENTÁRIOS RECENTES