fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 23 maio 2022
HomeMúsicaMemorial de resistência da periferia de Perus é palco da nova edição...

Memorial de resistência da periferia de Perus é palco da nova edição do ColetivaMENTE!

Favelado MC, Diego GF, e JeffBlack exploram o Drill para”vomitar” verdades sobre as vivências nas quebradas

 Em sua quinta edição, o ColetivaMENTE!, um projeto de colaboração entre artistas da cultura popular das periferias idealizado por prod.nin9nine e Ulisses Sulivan, vai explorar o DRILL, desdobramento do Rap com uma pegada mais underground para retratar questões cotidianas das quebradas. Com lançamento previsto para o dia 24 de março, às 18h, a performance “sem papas na língua” vai contar com a participação de  MC’s de diversas comunidades de São Paulo, como Favelado MC, Diego GF, e Mano Jeff. A edição DRILL teve ajuda do Coletivo Quilombaque e através do DJ Clevinho a organização teve o aval para fazer a captação e gravação do projeto audiovisual na antiga Fábrica de Cimento Portland Perus, um memorial de resistência. 

“Para essa nova edição eu escolhi o Drill porque aqui no Brasil ele está se popularizando bem mais dentro das periferias, como um “substituto” do Boombap, como se fosse um Boombap do futuro. O Drill e o Grime são estilos novos que a galera do Rap está usando para passar uma visão, para fazer o que o Rap fazia nas antigas. E por ter um beat mais agressivo, o pessoal vai poder vomitar algumas verdades”, conta prod.nin9nine, produtor musical do projeto.

O Drill é uma vertente do rap, que surgiu por volta dos anos 2010 em Chicago, nos Estados Unidos, e tem uma pegada mais dark que o trap e se tornou uma alternativa na cena underground para tratar de questões cotidianas das quebradas e sobre a violência ocorrida nesses espaços. Porém, nos últimos anos surgiu uma nova reinvenção do estilo, onde artistas do Reino Unido passaram a mesclar os beats “pesados” característicos do Drill com um som mais eletrônico e dançante do Grime, que ficou conhecido como ‘UK Drill’. Na edição DRILL do ColetivaMENTE!, os os MC’s vão poder escancarar o que é vivido dentro da periferia de uma forma que somente eles podem fazer e que o Drill chega para auxiliar. “Há muito tempo estamos planejando algo do tipo e essa edição vem justamente para passar a nossa mensagem”, relata Favelado MC.

Desde a criação do ColetivaMENTE!, prod.nin9nine e Ulisses Sulivan, diretor do projeto, sempre focaram em levar produções musicais e audiovisuais profissionais para artistas da periferia, para que pudessem projetar suas letras autorais e a organização atua como um ator social relevante nas quebradas para dar visibilidade e colaborar para o crescimento dos artistas locais. “Para nós artistas quando se coloca a alma num projeto ele já é de uma importância absurda, e para mim foi uma porta aberta para mostrar minha arte da melhor forma possível. Estou aqui para mostrar o meu meu talento, e depois desse projeto eu tenho certeza que vou ter o reconhecimento merecido depois de muita luta”, conta o rapper Mano Jeff.

Para Diego GF, outro rapper participante da nova edição, o projeto está dando voz a pessoas talentosas, mas que não tiveram oportunidade, além de colocar a quebrada em outro patamar. “Conhecer sobre conteúdo técnico, sobre música e o audiovisual, pode influenciar totalmente na minha vida, pois me faz aprender sobre a veiculação de um produto que eu, como artista, produzo, interpreto e aprimoro. Acredito que o projeto dará visibilidade para os artistas que participarão, mas também colocará a quebrada em outro patamar, tanto a dos MC’s que em Perus residem, como a de outros MC’s que não moram no bairro, mas tem muita coisa para mostrar”, complementa.

Dentre os estilos já trabalhados, nas últimas quatro edições do projeto, e que também estão previstos para serem ainda mais explorados nas próximas edições estão o Trap – Plug, Trap – Hard, Funk rasteiro (consciente), Trap Funk e Boombap. 

Sobre o ColetivaMENTE! 

É um projeto de colaboração entre artistas da cultura popular das periferias que busca dar visibilidade para cantores, DJs e produtores de áreas periféricas, através de mini shows registrados em formato audiovisual. Com apenas quatro edições, o projeto já soma mais de 11.045 visualizações no Youtube e mais de 15 mil visualizações nos conteúdos em vídeo compartilhados no Instagram. 

Instagram | Facebook | Youtube 

Sobre o prod.nin9nine 

DJ e Produtor Musical está desde 2020 alcançando metas e objetivos em prol do desenvolvimento de artistas da ‘quebrada’. prod.nin9nine iniciou no RAP em 2017 através do break na Casa de Hip Hop Perus e desde então criou seu próprio projeto com ajuda do Coletivo Filhos da Rua em 2021, que visa dar a os artistas da comunidade um trabalho profissional com uma performance ao vivo, com beats autorais. Esse projeto se denominou ‘ColetivaMENTE!’. O DJ adquiriu seu conhecimento de forma autodidata, e durante os últimos anos vem tocando em eventos e casas de show de Funk, Trap, Forró e em eventos relacionados a Cultura Hip-Hop.

Instagram 

Sobre o Ulisses Sulivan 

Atua como fotógrafo e filmmaker profissional desde 2017, habilidade que adquiriu de forma autodidata e vem se especializando ao longo do tempo e de suas experiências. Realizou centenas de coberturas de eventos de diversos segmentos que vão de casamentos a shows de artistas  renomados. Também atua na produção audiovisual, como filmmaker, editor e produtor com trabalhos que ultrapassam 100 milhões de visualizações na plataforma de vídeo Youtube. Atualmente atua também como produtor cultural junto aos Coletivos Filhos da Rua e Favelinha Produções, desenvolvendo projetos audiovisuais na periferia de São Paulo.

Sobre o Favelado MC 

De Perus, na zona noroeste de São Paulo, Favelado MC tem 19 anos e desde 2018 vem realizando apresentações e produções artísticas. Além disso, é CEO da produtora @faveladorecords. 

Instagram | Youtube

Sobre o JeffBlack 

Diretamente da cidade Líder, no extremo leste de São Paulo, Jeff Black tem 23 anos e vai fazer a sua primeira participação artística na nova edição do ColetivaMENTE! A longo prazo o artista se vê conquistando patamares cada vez mais altos e se tornando um dos melhores rappers do Brasil.

Instagram | Spotify | Youtube

Sobre o Diego GF 

De Perus, da zona noroeste de São Paulo, Diego GF tem 22 anos e vai fazer a sua primeira participação artística na nova edição do ColetivaMENTE! Futuramente o artista pretende utilizar o seu conhecimento musical para expandir o conhecimento do Rap/Trap para as pessoas que não possuem tanto acesso. Assim como crescer e interligar todas as regiões para enriquecer o conhecimento geral sobre a arte, produção musical e estética da música.

Instagram | Youtube

Compartilhe

Cristhiane Faria
Cristhiane Faria aka Nega Cléo é poeta, slammer, modelo, dançarina, arte-educadora e Fundadora da GRIOT Assessoria, agência de Relações Públicas com a missão de perpetuar as histórias de artistas, eventos, projetos culturais e criadores de conteúdo pela mídia e na internet. | Contato: [email protected]
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES