fbpx
19.5 C
São Paulo
quinta-feira, 27 janeiro 2022
HomeNotíciaCultura de Periferia em Tempos de Pandemia

Cultura de Periferia em Tempos de Pandemia

Nova série produzida por uma parceria entre a Ponte Jornalismo e o TNM já começou trazendo histórias marcantes

Cultura de Periferia em Tempos de Pandemia é uma série em dez episódios, da Ponte Jornalismo com as produções Todos Negros do Mundo. A apresentação fica por parte da ativista Stephanie Catarino.

Falar de cultura no meio de uma pandemia é um desafio, mas vale a pena. O coletivo Okupa Coragem continuou levando sua mensagem, mesmo com as dificuldades. Essa é a história que conhecemos no primeiro episódio da série. Michele, uma das integrantes conta um pouco como foi a trajetória do coletivo e como está sendo viver em tempos tão diferentes.

Tudo começou com grupo de reggae de rua, na Cohab 2 em Itaquera, zona leste de São Paulo. Com muita coragem começaram a ocupar um espaço dos comércios fechados e abandonados em volta da Praça Brasil. Com a revitalização do local a cultura foi tomando forma física, sarau, música e biblioteca são algumas das atividades que faziam parte do coletivo.

Na pandemia ninguém parou. ““Todo mundo se viu perdido porque era o nosso trabalho. A gente não teve muito tempo, pois já entramos na questão social de distribuição de cesta básica. Voltamos a movimentar aquele espaço com doações de alimentos. Começaram a chegar pessoas que não acessariam a ocupação se não fosse essa situação e a gente apresenta, fala dos projetos, ” relata Michele. A cultura é um trabalho social e no momento em que todos estão precisando só resta ajudar.

“Depois das Grades”: parceria Ponte e TNM

Okupa Coragem

A história do Okupa Coragem é um incentivo para continuar. “Vamos viver o momento, mas o coletivo vai continuar. ”  Destaca a integrante. Cultura em Tempos de Pandemia é mais que necessário.

Confira o episódio completo e acompanhe as próximas entrevistas, no canal da Ponte Jornalismo.

Cultura de Periferia em Tempos de Pandemia – Ficha técnica

Série original – Ponte Jornalismo e TNM – Todos Negros do Mundo

Diretor – Anderson Jesus

Coordenação Geral de Projeto – Antonio Junião

Administração – Maria Elisa Muntaner

Editor – Fausto Salvadori

Diretor de Fotografia – Daniel Junior

Direção de arte – Nídia Gabrielle

Assistente de arte – Nádia Letícia

Produção – Priscila Fernandes

Assistente de produção – Vinicius Gonçalves

Transmissão – Daniel Junior

Assistente de transmissão – Priscila Fernandes

Elétrica – Geraldo Justino

Figurino –Janaina Souza

Montagem e Finalização – Nídia Gabrielle

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES