fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 06 dezembro 2021
HomeEventosConheça os vencedores do Prêmio Sim à Igualdade Racial e o que...

Conheça os vencedores do Prêmio Sim à Igualdade Racial e o que fazem por merecer!

Sábado (10) aconteceu a cerimônia de premiação Sim, à Igualdade Racial, um dos prêmios mais bacanas e importantes da atualidade, e neste ano ocorreram dois eventos, um transmitido pelo canal Multishow e apresentado pelas cantoras Ludmilla e Lellê e um fórum transmitido na página do Facebook do Instituto Identidades do Brasil ( ID_BR) com a mediação dos atores Ícaro Silva e Dandara Maria.

O Prêmio anual, que acontece desde 2018, premia os principais nomes e instituições que atuam em prol da Igualdade Racial no país, sendo o artista plástico Vik Muniz a assinar a estatueta Mad Word recebida por grandes empresas, profissionais, celebridades e lideranças de movimentos sociais comprometidos nessa causa.

O prêmio tem 11 categorias, subdivididas em Pilar Cultural, Educação e Empregabilidade, cada uma delas com três indicados, com exceção da categoria Representatividade em novos formatos, que possui cinco nominados.

Este ano o Prêmio foi exibido virtualmente através de canais digitais seguindo todos os protocolos de biossegurança no controle da disseminação do coronavirus.

Além dos premiados, a cerimônia contou com a performance dos atores Antônio Pitanga e Isabel Fillardis, além das atrações musicais de Rosa Marya, Kauê Guajajara, Mart’nália, o rapper BK, Ludmilla com MC Lan, Rael, Iza e Margareth Menezes. No fórum, a música ficou por conta de Késia Estácio, Rico Dalasan, Pretinho da Serrinha e da Banda Black Pantera. 

Conheça, os vencedores de 2020 por categoria e a importância de seus trabalhos no movimento – Sim, à Igualdade Racial

CATEGORIAS:
1.  REPRESENTATIVIDADE EM NOVOS FORMATOS
ALÊ SANTOS

ALÊ SANTOS – escritor de ficção e fantasia Afro-americana, que representou o Brasil numa Antologia Mundial de Scifi (2013). Alê Santos é Pesquisador de narrativas africanas, colunista da Vice Brasil tendo em seu currículo colaborações na Revista Superinteressante e The Intercept Brasil. Dá aulas de Gamificação em curso de pós graduação na ESPM e trabalha como consultor, além de desenvolver projetos para startups. Foi responsável por cinco IT Fórum – principal evento de TI da América Latina. É palestrante de eventos internacionais e com projetos em parceria com Hospital das Clínicas e HSM. Reconhecido pelas thread com narrativas afrocentradas com alcance de milhões de visualizações no twitter.

2. RAÇA EM PAUTA
DJAMILA RIBEIRO

DJAMILA TAÍS RIBEIRO DOS SANTOS ( DJAMILA RIBEIRO) – pesquisadora e mestra em Filosofia Política, feminista negra e escritora brasileira. Como colunista colaborou com seu trabalho na Folha de São Paulo, revista ELLE, CartaCapital, Blogueiras Negras e revista AzMina. Conselheira do Instituto Vladimir Herzog e escolhida como Personalidade do Amanhã pelo governo francês (2019). Premiada nos prêmios SP em Direitos Humanos (2016), Trip Transformadores (2017), Troféu Mulher Imprensa (2018) e Prêmio Dandara dos Palmares, e segundo a ONU está entre as 100 pessoas mais influentes do mundo abaixo dos 40 anos.

3. ARTE E MOVIMENTO
LIA DE ITAMARACÁ

MARIA MADALENA CORREIA DO NASCIMENTO (LIA DE ITAMARACÁ)  – dançarina, compositora e cantora considerada a mais importante célebre cirandeira do Brasil. Titulada com Patrimônio Vivo do estado de Pernambuco, recebeu medalha do Mérito Cultural do Governo Federal. Possui título de Doutora Honoris Causa pela Universidade Federal de Pernambuco pelos serviços prestados à cultura do Brasil e reconhecida pelo The New York Times como Diva da música negra, com 6,31 mil inscritos em seu canal no Youtube.    

4. DESTAQUE PUBLICITÁRIO

COCA COLA BRASIL  + WMcCANN – com a campanha “Juntos a Magia Acontece “, uma ação em parceria entre a agência WMcCANN, Coca Cola Brasil e rede Globo. Pela primeira vez na televisão brasileira, levou ao ar um Papai Noel representado por um ator negro exibido em horário nobre com elenco majoritariamente formado por atores negros. O roteiro foi escrito por Clessia Regina Martins e conta a história do avô que queria juntar a família após um momento difícil e acabou se tornando o Papai Noel da Coca-Cola.

5. INTELECTUALIDADE NEGRA
NEI LOPES

NEI LOPES – Compositor e intérprete de música popular, além de escritor e estudioso das culturas africanas. Bacharel em Direito e Ciências Sociais, Nei tem mais de 30 livros publicados e centrados na temática africana e afro-originada com mais de 350 músicas gravadas desde 1972. Em 2005, entre outros méritos, recebeu do Governo Brasileiro a Ordem do Mérito Cultural, no grau de comendador. Em 2006, foi reverenciado pela revista O Globo na reportagem “100 brasileiros geniais”.

6. INSPIRAÇÃO (em 2020 não houve indicação e sim homenageados na categoria Inspiração as personalidades)
CHICA XAVIER
foto reprodução – Chica Xavier

CACIQUE RAONI – líder indígena brasileiro da etnia Caiapó conhecido internacionalmente por sua luta pela preservação da Amazônia e dos povos indígenas.

CHICA XAVIER (em memória) – atriz consagrada de teatro, televisão e cinema, é uma grande personalidade negra na arte do Brasil com mais de 50 personagens em telenovelas e atuando por mais de 60 anos no teatro. Escreveu um livro (1999) que reúne cantigas e rezas que compôs ao longo de 30 anos. Faleceu em 2020, aos 88 anos.

ALCIONE – cantora, compositora e instrumentista brasileira recebendo a alcunha de Rainha do Samba. Recebeu os prêmios Grammy Latino de melhor álbum de samba/pagode e prêmio da música brasileira como Melhor Cantora de Samba.

7. EDUCAÇÃO E OPORTUNIDADES
MOVIMENTO MENINAS CRESPAS

MOVIMENTO MENINAS CRESPAS – Visa valorizar o cabelo crespo, resgatar a identidade negra e o poder feminino. Perla Santos, fundadora e coordenadora do Projeto, criou o movimento para que as alunas conversassem sobre cabelo crespo e negritude. A ideia inicial cresceu e atualmente está em fase de transição para a criação do Instituto Meninas Crespas formada por mães, pais, crianças, jovens, educadores e professores que buscam uma educação afrocentrada.

8. COMPROMETIMENTO RACIAL

SOMA – Grupo de Afinidade Mattos Filho – formado por profissionais de advocacia Mattos Filho com objetivo de ampliar ações de promoção à equidade ético-racial no mercado jurídico e na sociedade, o Grupo é visto como um marco de programa de Diversidade e Inclusão na expansão de oportunidades de crescimento a perfis de profissionais diversos. Advogados e Lideranças da Mattos Filho estão envolvidos com atividades que incentivam à diversidade racial no meio jurídico, dentre elas os promovidos pelo Centro de Estudos das Sociedades de Advogados e reconhecidos internacionalmente pelo Latin Lawyer (2018).

Coca-Cola Brasil – Grupo de afinidade racial da Coca-Cola é parte do comitê de Diversidade da empresa, criado por funcionários negros da Coca-Cola Brasil e que conta com 29 integrantes. O objetivo do grupo é promover um ambiente de trabalho inclusivo, com oportunidades de crescimento pessoal e profissional para todos, cujo o pilar principal na prática corporativa é apoiar a área de recursos humanos com propostas de políticas inclusivas na empresa.

9. LIDERANÇA
RACHEL MAIA

RACHEL O. MAIA – Atual CEO da Lacoste S.A. (Brasil), graduada em contabilidade com mestrado pela Fundação Getúlio Vargas, possuindo no currículo o curso de Negociação e Liderança por meio do Programa de Educação Executiva da Harvard Business School e treinamento de gerenciamento geral na Universidade de Victoria na Colômbia Britânica, Canadá. Rachel Maia é inspiração para mulheres negras executivas. No Brasil representa menos de 1% dos CEOs, sendo membro do Conselho Geral do Consulado Dinamarquês e da Câmara de Comércio Dinamarquesa, bem como membro do Comitê do Presidente da Câmara Americana de Comércio, do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo, do Grupo de Mulheres Brasileiras e do Comitê Econômico e Social de Desenvolvimento.

10. TRAJETÓRIA EMPREENDEDORA
ADRIANA BARBOSA

ADRIANA BARBOSA – Formada em Gestão de Eventos com especialização em Gestão Cultural pelo Centro de Estudos Latino-americanos sobre cultura e comunicação (CELACC) da ECA – USP. Criadora da Feira Preta – maior feira negra da América Latina – que contribui para a formação do conceito de empreendedorismo negro no Brasil num espaço de valorização da cultura negra, levando mais de 130 mil pessoas a eventos e movimentando cerca de R$ 3,5 milhões em São Paulo, Brasília, São Luís e Rio de Janeiro, ajudando a inúmeros outros empreendedores. Recentemente criou o Black Codes, plataforma de pesquisa sobre consumo da população negra. 

11. ID_BR + GPTW: EMPRESAS DESTAQUES ÉTNICO-RACIAL

CISCO – A empresa conta com programas como o Diverse Talent Accelerators (DTA) e Smart Tools  para expandir o olhar aos talentos que se autodeclaram pretos e pardos, permitindo o aumento deste grupo na companhia. A Cisco tem focado em capacitação de jovens profissionais negros em tecnologia pelo Cisco Network Academy por meio das parcerias com instituições como Faculdade Zumbi dos Palmares, Gerando Falcões, entre outras.

Compartilhe

Carol Lee Dutrahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Graduada em Gestão e Design de Moda pela Universidade Euro-Americana de Brasília atuo como Colunista de Moda na plataforma TNM e atual presidente da ONG IMNEGRA de auxílio e capacitação de mulheres em situação de vulnerabilidade.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES