fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeNotíciaComeça amanhã o projeto de empoderamento de meninas nas periferias de SP

Começa amanhã o projeto de empoderamento de meninas nas periferias de SP

 Plano_de_Menina-periferia_4-768x432

 

Começa amanhã o projeto Plano de Menina que visa empoderar meninas nas periferias de SP  

O projeto tem como objetivo empoderar as meninas que vivem nas periferias de São Paulo e do Brasil, e faz parte da plataforma Plano Feminino.

O projeto vai levar informação e formação, além de levantar debates, motivar e empoderar meninas de 13 a 18 anos.

“Falar de empoderamento é ainda mais poderoso quando estamos realizando algo fora das mídias sociais. Queremos nos tornar agentes de transformação por meio de iniciativas que promovam a educação e a realização de planos de meninas e mulheres de todo Brasil”, afirma Viviane Dutra, fundadora do Plano Feminino.

A consulesa da França, Alexandra Loras, que luta contra o racismo e pela inclusão social, é a embaixadora do projeto, pois acredita na força de união das mulheres. “O conhecimento é um importante agente de transformação e queremos ser este canal”, reforça ela em comunicado à imprensa.

 

Plano_de_Menina-periferia_3-768x395
O núcleo de conselheiras do projeto é formado por profissionais de diversas áreas

 

Eliane Dias, produtora do Racionais MC e advogada responsável pelo SOS Racismo, está entre as participantes da iniciativa. A ideia é criar um banco de talentos à disposição das garotas.

O projeto será iniciado amanhã no Capão Redondo, zona sul de São Paulo, no espaço Capão Cidadão. As meninas já terão um primeiro contato com as professoras além de participarem de um sarau, oficina de grafite e dinâmicas de grupo.

Apesar de muitas jovens terem se interessado em participar do projeto, 50 meninas foram escolhidas para essa fase inicial.

Todos os sábados, durante 6 meses, as meninas terão 20 professoras à disposição e receberão aulas de  teatro, moda, imagem e auto estima, empreendedorismo, finanças, feminismo, direito da mulher e carreira. Além disso, as meninas terão contato com a área de tecnologia, aprendendo programação e criação de aplicativos. Ao final do curso, elas receberão direcionamento para estágio em empresas parceiras do projeto.

O Plano de Menina também estará, em breve, nos bairros Grajaú e Brasilândia, em São Paulo, mas a ideia é que se espalhe pelo Brasil.

As meninas interessadas poderão se inscrever através do site planofeminino.com.br/plano-de-menina

O time de mulheres que irão participar desta ação já tem psicólogas, advogadas, economistas, jornalistas, publicitárias, engenheiras de tecnologia, esportistas, entre outras. Quem quiser fazer parte deste time de conselheiras pode se inscrever preenchendo o formulário no mesmo endereço.

Conheça mais sobre a plataforma Plano Feminino clicando AQUI.

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe

- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES