Me Representa

Bitonga Travel quer democratizar viagens entre mulheres negras

Formado por catorze viajantes, Bitonga Travel quer romper com os estereótipos sobre a mulher que viaja sozinha, a partir do incentivo a mulheres negras para que conheçam o mundo e engrandeçam sua visibilidade e autoestima. . O lançamento do projeto acontece dia 09 de janeiro, às 20h, no Aparelha Luzia (Rua Apa,78 – São Paulo).

“Reunir mulheres negras viajantes da América Latina e Caribe têm muito significado para outras mulheres. Muitas vezes elas se vêem sozinhas no espaço de viagem. Isso acontece porque é difícil encontrar mulheres negras viajando por conta da própria economia. Uma mulher negra recebe menos que uma mulher ou homem branco, elas estão nas periferias, não têm acesso ao centro da cidade, cuidam das casas, dos filhos, da família, da mãe, pagam aluguel, ou seja, são vários os fatores que impedem”, explica a idealizadora do projeto, Rebecca Aletheia.

O projeto não diz respeito apenas às viagens de longa distância, mas tem a ver com sair da própria região e ir para o centro da cidade também. Isso porque, muito além de longos deslocamentos, mulheres negras enfrentam paradigmas e medos mesmo em pequenos movimentos.

Serviço

Lançamento Projeto Bitonga Travel – Dia 09 de janeiro, às 20h, no Aparelha Luzia

(Rua Apa, 78, Santa Cecília – São Paulo)

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Me Representa

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Marcha das Mulheres Negras de São Paulo posta comunicado: “Não seremos interrompidas”

Foto: Cadu Basilewski/Reprodução – Facebook Na última sexta-feira ...

Facebook

Newsletter