fbpx
19.5 C
São Paulo
sábado, 21 maio 2022
HomeDivulgaçãoBanco Afro lança o Shop Afro, espaço virtual para impulsionar o empreendedorismo

Banco Afro lança o Shop Afro, espaço virtual para impulsionar o empreendedorismo

Quem nunca passou por alguma situação desconfortável num banco, no mínimo já temeu essa situação ao entrar numa agência. E quem não se lembra da fala de um banco digital que se dizia diferentão, mas justificou a falta de pessoas pretas nos grandes cargos da empresa dizendo não encontrar pessoas pretas bem preparadas?! No fim das contas, a primeira situação não é incomum e a segunda não é uma situação deste banco de maneira isolada, é só um dos casos mais recentes.

Sabendo desse desconforto e muitas vezes ficando nesses bancos por falta de possibilidade ou até por não conhecer alternativas, outra reflexão vem quando passamos a conhecer nossas opções ou ainda quando se trata dos nossos negócios e começamos a nos perguntar: vale a pena manter nossa receita nesses espaços? É aí que entra o Banco Afro e, consequentemente, o Shop Afro também.

“Temos experts em quase todas as áreas da administração”, diz Kwami Alfama, idealizador do Pactuá, que visa influenciar a alta gestão de grandes empresas

Banco Afro

O Banco Afro é uma iniciativa do banqueiro Diego Reis, um homem negro, empreendedor desde a época em que a palavra nem era empregada, como ele mesmo diz, que já tinha outros negócios ligados à tecnologia quando decidiu abrir o banco.

Diego conta que vem de uma família minimamente bem estabelecida financeiramente, então levou um tempo para perceber o descaso de bancos em relação à pessoas negras. Essa percepção só chegou quando ele, já empresário, não conseguiu estabelecer uma boa relação com o banco, enquanto seu sócio, um homem branco, não teve a menor dificuldade de conseguir o dinheiro que eles precisavam para seus projetos.

Pensando nisso, nasceu o Banco Afro, que tem como objetivo garantir um atendimento humanizado e consciente à pessoas negras – embora não se limite ao atendimento exclusivo da população negra. Para conhecer mais sobre os serviços e tarifas do Banco Afro, confira as informações no site da instituição.

Shop Afro

A internet fez com que os negócios que não divulgam seus serviços online se tornassem praticamente fantasmas. Quem confia num restaurante sem um perfil no Instagram, por exemplo? Aliás, hoje em dia é mais comum que as pessoas procurem o perfil nas redes sociais do que no site – e muitos negócios nem têm mais sites. Mas quando se trata de uma loja, por exemplo, manter os negócios em pleno funcionamento e as redes sociais ativas pode não ser uma tarefa tão simples, em especial nesse momento tão frágil de retomada após o período mais restritivo da pandemia.

Assim, dado o crescimento de aplicativos de lojas online e a dificuldade para conseguir investimento que os prestadores de serviço encontram, o Shop Afro nasce como oportunidade de fortalecimento financeiro ao setor em ascensão.

De acordo com dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número de trabalhadores autônomos no país cresceu nos meses de junho, julho e agosto de 2021. Somente durante este período, o número foi de  25,4 milhões. 

Em 2020, dados do estudo Empreendedorismo Negro no Brasil, realizado pela aceleradora de empresários negros PretaHub, da Feira Preta, em parceria com o plano CDE e JP Morgan, empreendedoras e empreendedores negros movimentam R$1,7 trilhão por ano no Brasil, sendo que cerca de 51% que empreendem são pretos ou pardos e destes, 52% são mulheres.

Então por que não apoiar e ser apoiade pelo movimento Black Money e manter esse dinheiro entre os nossos? A criação de uma loja online no Shop Afro é aberta para todos os trabalhadores autônomos do Brasil e pode ser feita de maneira simples, prática, virtual e gratuita. Ao abrir a conta no Banco Afro, realiza-se o cadastro gratuito e no mesmo momento pode-se começar a divulgação  das informações de seus produtos e serviços. Uma das vantagens é que, além de não permanecer preso a taxas e mensalidades, também é permitido  solicitação de orçamento.

Para usufruir do Shop Afro, é preciso ter / abrir uma conta do Banco Afro, no entanto, de acordo com o site, a conta digital é gratuita. Lembre-se de conferir todas as informações no site.

Compartilhe

Thais Senahttps://todosnegrosdomundo.com.br
Sou professora de inglês, formada em Comércio Exterior, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo e parte do grupo de Pesquisa Laroyê - Culturas Infantis e Pedagogias Descolonizadoras. Já atuei como professora voluntária e em projetos populares, fez formação em parceria com a Prefeitura de São Paulo e o Conselho Britânico e há 6 anos atua também na Ebony English, que ensina inglês com cultura negra.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES