fbpx
19.5 C
São Paulo
domingo, 23 janeiro 2022
HomeMúsicaAs 10 melhores músicas de pretos em 2016, segundo a Rolling Stone

As 10 melhores músicas de pretos em 2016, segundo a Rolling Stone

Todo ano, a Rolling Stone do Brasil anuncia, através do voto popular, as 25 melhores músicas do ano que passou. Sim, o resultado sempre sai na edição de janeiro de próximo ano, sobre o ano passado. Foram anunciadas as melhores músicas nacionais de 2016. E adivinhem. Tem muito preto na Playlist.

Por isso, a gente fez um compilado da representatividade e disponibilizou pra vocês:

 

 

Playlist “TNM – 10 melhores de 2016” 

1 – Mahmundi arrasou no seu estilo singular de fazer arte, com ‘Hit’.

2 – O maestro do Canão também está presente: Sabotage com DJ Cia, “País da Fome (Homens Animais)” é uma das melhores músicas do ano que se passou.

3 – Depois de um som único, Mano Brown não podia ficar de fora. Com Lino Krizz, o mestre do RAP apareceu na lista dos melhores, com “Gangsta Boogie”.

4- A senhora da sensibilidade – a bicha preta, gay, pobre e dona daquela voz feroz – brilhou como uma das melhores: Liniker e os Caramelows está na lista, com “Remonta”.

5 – Criolo, Arthur Verocai e “O Tambor” também fazem parte da lista dos melhores.

6 – Quem não podia ficar de fora, é claro – ou escuro -, a musa que conquistou até a capa da Avon, Tássia Reis, com um som de arrepiar: “Ouça-Me”.

7 – “Bala na Agulha” de BaianaSystem também está na playlist. O grupo de Salvador arrasa nas músicas-manifesto.

8 – Boogarins, o grupo da diversidade que conta com dois pretos em sua constituição de quatro manos, também entrou para a lista dos melhores com “Elogio à Instituição do Cinismo”.

9 – Dos criadores de “Já que é pra tombar, tombei” e “Meu namorado é mó otário”, Karol Conká e MC Carol deixaram sua marca com “100% Feminista”.

10 – Metá Metá, com sua vocalista poderosa, também arrasou na lista e na pista, com “Corpo Vão”.

Além desses, ainda tem muita música boa. Mas os pretinhos do poder são esses aí. Representatividade, a gente se vê pelas melhores músicas de 2016.

Compartilhe

Amanda Sthephaniehttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Preta. Pobre. Poeta. Periférica. Prounista. Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e estuda o último ano de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES