fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 06 dezembro 2021
HomeCinemaAmor Natural: série LGBTQIA+ idealizada por Kelson Succi abre financiamento coletivo para...

Amor Natural: série LGBTQIA+ idealizada por Kelson Succi abre financiamento coletivo para sua realização

Amor Natural é uma série ficcional afirmativa, LGBTQIA+, preta e periférica, divida em cinco episódios que contam uma história de amor moderna e afrofuturista entre os protagonistas: Andrei (Kelson Succi), Guilherme (Vinícius Teixeira) e Maria Júlia (Érica Ribeiro). 

ReverberÁfrica: Repentistas do Corpo estreia temporada online

Amor Natural” é o novo projeto audiovisual do criador do selo “Cuidado com Neguin”, o ator e dramaturgo carioca Kelson Succi, que acaba de lançar um crowdfunding no Benfeitoria para viabilizar a produção da série, que já conta com o apoio do Sesc Rio, por onde a primeira temporada será exibida.

A previsão de estreia é no primeiro semestre e os episódios terão cerca de cinco minutos. A trama envolve relações instantâneas e profundas, arte, violência, poesia, futebol, racismo, preconceito, a efemeridade dos relacionamentos pela internet, música e amor. O cenário se conecta entre o Complexo do Alemão e Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Tudo isso conduzido sob uma narrativa assertiva, documental e romântica com roteiro escrito por Kelson Succi com colaboração de Vinícius Teixeira e Erica Ribeiro. Succi também assina a direção. 

Ainda integra o elenco o ator Reinaldo Junior e ainda em abril, “Amor Natural” fará uma convocatória pública para encontrar uma atriz trans e negra para completar o time de atores.

Apesar de já contar com o apoio do Sesc Rio, a produção de “Amor Natural” constatou que, para realizar a série dentro dos protocolos de segurança necessários por conta da pandemia de covid-19, com o mínimo de qualidade técnica em equipamentos e ajuda de custo para a equipe, seria necessário o financiamento coletivo para cobrir despesas de produção tais como testes de covid, EPIs, transporte, alimentação, locações, equipamentos, figurino, arte, caracterização, finalização e muito mais.

Reconhecemos que não são tempos fáceis, mas a continuidade da produção artística nesse momento é essencial, primeiro para o entretenimento, e também para proporcionar respiro financeiro aos profissionais do setor, que já vinha sofrendo problemas antes da pandemia. No nosso caso, sendo um projeto independente, afirmativo e que envolve história e profissionais LGBTQI+, pretos e periféricos, esse incentivo financeiro é ainda mais precioso – explica Kelson Succi.

Compartilhe

Vinícius Gonçalves
Geminiano, viciado em tecnologia, filmes de terror e cinema.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES